Bombeiros de Santarém detectaram o último cidadão português do lote de desaparecidos em Moçambique

Um destacamento de Bombeiros do distrito de Santarém, composto por 19 operacionais de várias corporações, está em Moçambique, desde o passado fim de semana, para ajudar no salvamento das populações atingidas pela recente catástrofe provocada pelo ciclone Idai.

O último cidadão português encontrado, do lote de desaparecidos, foi detectado por estes soldados da paz e mais tarde resgatado pelos fuzileiros portugueses, conforme mandam os procedimentos. Os Bombeiros de Santarém partiram para Moçambique juntamente com equipas cinotécnicas da GNR e por lá vão permanecer até se revelarem de grande utilidade para ajudar as populações.

Levaram consigo cinco embarcações e cerca de quatro toneladas de bens alimentares que têm distribuído na região de Buzi.

Para esta quinta-feira, 28 de Março, a missão destes Bombeiros prevê o transporte de tendas, roupas e kits de higiene.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS