Câmara de Almeirim aprova empréstimos de 3ME para ciclovia e requalificação do mercado

A Câmara de Almeirim vai contrair dois empréstimos, num valor global de 3 milhões de euros, para a requalificação do mercado municipal e para a construção de mais um troço da ciclovia da cidade.

O presidente da Câmara Municipal de Almeirim, Pedro Ribeiro (PS), disse hoje à Lusa que o município decidiu avançar com a contratação destes empréstimos, que serão ainda submetidos à aprovação da Assembleia Municipal, por se tratarem de “obras importantes para perspectivar a cidade” e necessárias para o seu desenvolvimento.

No caso do mercado municipal, o autarca disse que o projecto, com um valor previsto de 3 milhões de euros, está pronto e, obtido o visto do Tribunal de Contas, há condições para lançar o concurso ainda no presente ano.

PUBLICIDADE

Para esta obra, o município propõe-se contratar um empréstimo de 2,5 milhões de euros, a pagar num prazo de 20 anos, numa deliberação aprovada, com a abstenção da CDU, na reunião do executivo realizada esta semana.

No primeiro andar do edifício será instalada a Loja do Cidadão, continuando o rés-do-chão a funcionar como até aqui, com várias bancas para os vendedores, salientando Pedro Ribeiro que esta conjugação permitirá “revitalizar o mercado” e a cidade.

O outro empréstimo, aprovado por unanimidade, da ordem dos 500.000 euros, igualmente por um prazo de 20 anos, destina-se à construção do troço da ciclovia entre as estradas da Barreira Branca e a do Vale do Peixe, ficando a faltar dois troços para a conclusão desta infra-estrutura.

Pedro Ribeiro disse à Lusa que a ciclovia de Almeirim terá, no total, cerca de seis quilómetros, ficando a faltar pouco mais de dois quilómetros para a sua conclusão, os quais farão a ligação ao vizinho concelho de Alpiarça.

Na reunião do executivo foi ainda aprovada a contratação, através do lançamento de concurso público, da requalificação da escola básica de Almeirim Canto do Jardim, um investimento próximo dos 700.000 euros, a maioria do qual a concretizar em 2021, e da construção da Área de Serviço para Autocaravanas.

O parque de autocaravanas, que integrará uma rede de apoio ao autocaravanismo constituída por 39 estações de serviço localizadas em 27 concelhos do Alentejo e do Ribatejo, implica um investimento de cerca de 170 mil euros, com financiamento da Linha de Apoio à Valorização do Turismo Interior, do Turismo de Portugal.

A Área de Serviço para Autocaravanas ficará junto à praça de touros da cidade, numa zona urbana, tendo em conta a aposta no turismo gastronómico, salientou.

No Ribatejo, a rota integra os municípios de Almeirim, Cartaxo, Coruche e Rio Maior.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS