Câmara de Santarém e Corticeira Amorim sensibilizam crianças para a reciclagem da Cortiça

A terceira edição do Projecto de Educação Ambiental “Do Montado à Rolha”, desenvolvido pela Equipa Multidisciplinar de Acção para a Sustentabilidade (EMAS) da Câmara Municipal de Santarém (CMS) em parceria com a Corticeira Amorim, arrancou esta quinta-feira, dia 10 de Janeiro, na EB do Vale de Santarém com duas sessões de informação e sensibilização ambiental, dirigida ao 1º e 2º anos e ao 3º e 4º anos.

Joana Mesquita, da Corticeira Amorim. e Andreia Lopes, Técnica Superior da EMAS, exibiram o vídeo “David na Aventura da Cortiça”, que explica a função do “Montado de Sobro”, como sumidouro de CO2 e a riqueza da sua biodiversidade. Neste filme ficámos a conhecer o processo de produção da cortiça, desde a bolota semeada até à fase adulta do sobreiro e os três períodos de maturação da cortiça: com primeiro descortiçamento a ter lugar aos 25 anos, o segundo aos 34 e o terceiro aos 43 (9 em 9 anos), só sendo possível ter boa cortiça para rolhas partir da terceira extracção.

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, o descortiçamento não é nocivo para as árvores. Joana Mesquita, comparou este processo ao tosquiar das ovelhas, que ocorre em igual período: de Maio a Agosto, somente quando está calor.

Nesta apresentação, a comunidade escolar ficou a saber outras aplicações da cortiça, pela riqueza no que toca à leveza do material, à elasticidade e à grande eficiência no isolamento térmico e acústico. Com a cortiça é possível fazer muitos produtos, como: malas, chapéus, bolas de futebol, sapatos, chinelos ou peças decorativas. Mas as suas propriedades únicas, fazem com que a cortiça seja utilizada na construção civil, na indústria aeroespacial, na indústria automóvel, sem desperdício da matéria, visto que até o pó da cortiça é utilizado como biomassa para a produção de electricidade.

A cortiça é um material reciclável. As rolhas de cortiça podem ser trituradas e reutilizadas noutras aplicações e produtos amigos do Ambiente. Nesse sentido, as escolas inscritas na acção são convidadas a participar no desafio “Rolha a Rolha”, que tem por objectivo a recolha de rolhas de cortiça para reciclagem, que revertem a favor do programa Green Cork, do qual o Município é parceiro desde 2016 e, que conta com uma rede de pontos de recolha em Santarém, designadamente: Juntas de Freguesia, Casa do Ambiente, Paços do Concelho, Biblioteca Municipal, Teatro Sá da Bandeira, Posto de Turismo, Complexo Aquático, Piscinas do Sacapeito, Pavilhão Gimnodesportivo, Receção da Ex-EPC e Edifício do Urbanismo e Bombeiros Municipais.

Nesta edição, participam cinco escolas básicas do Concelho, quatro delas da cidade de Santarém (EB Mergulhão, EB Pereiro, EB Leões e EB Sacapeito), com um total de 468 alunos participantes. A escola básica que obtiver maior número de rolhas de cortiça recolhidas, por aluno, num período de três meses, será premiada com uma visita de estudo sobre a temática.

De lembrar, que no âmbito desta acção de educação ambiental, no ano lectivo anterior, 2017-2018. alcançou-se a recolha de meia tonelada de rolhas de cortiça para reciclagem.

PUBLICIDADE

W3Schools

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS