Câmara de Santarém e DECO promovem workshops em escolas do Concelho

A Câmara de Santarém e a DECO vão promover workshops, dirigidos ao pessoal auxiliar colocado nos agrupamentos de escolas do Concelho, nos dias 27 de Junho, na Escola Secundária Dr. Ginestal Machado e 3, 4 e 5 de Julho, mas escolas D. Afonso Henriques, Sá da Bandeira e Alexandre Herculano, respectivamente, ao abrigo do protocolo firmado entre estas duas entidades.

Estes workshops têm em conta o interesse dos consumidores, cada vez mais sujeitos a um mercado agressivo e concorrencial, que justifica a necessidade de utilizadores mais conscientes e informados.

O workshop DECO(IN)Forma “ Saber de cor … os direitos dos consumidores”, que tem como objectivo dotar o consumidor de informação que lhes permita actos de consumo do dia-a-dia sem sobressaltos e pretende responder a questões, tais como “como fazer as melhores escolhas de produtos e serviços no mercado?”; “como tomar as decisões mais acertadas?”; “que cuidados ter para evitar problemas?”; “que cuidados reforçados ter na assinatura de contratos?”; ou “como reclamar e fazer valer os seus direitos?”.

No workshops DECO(IN)Forma “O essencial sobre Economia Pessoal”, pretende-se explicar que as famílias portuguesas já recuperaram rendimento disponível em 2016, quer tenha sido através da reversão do corte salarial da função pública, quer do aumento do salário mínimo e até mesmo pela redução da sobretaxa. “Como vamos nós usar este dinheiro?” é a questão à qual a formação pretende responder.

Primeiro há que explicar que a tendência pode ser recomeçar a consumir mais e esquecer os comportamentos mais ponderados adoptados durante os anos de crise. Com mais dinheiro disponível os consumidores podem, por exemplo, começar a fazer mais refeições fora de casa, fazer férias mais vezes ao longo do ano, comprar um carro novo ou até comprar ou trocar de casa. Estes podem ser exemplos de decisões mais imediatas, mas é preciso alguma cautela, pois a estabilidade financeira depende da capacidade para poupar. Senão, vejamos:

Em situações imprevistas de doença se não tivermos um pé-de-meia, como vamos sobreviver? Como podemos fazer face à educação dos nossos filhos a médio e longo prazo? E para a reforma, como nos podemos preparar sabendo que há dúvidas crescentes quanto à viabilidade do actual sistema de pensões em Portugal e que reforma será bastante inferior ao que se ganha hoje em dia? Gerir e poupar são as palavras de ordem. Mas, poupar pode não ser fácil.

Este workshop vai abordar assuntos, como a necessidade ou desejo de consumo; o orçamento mensal: elaboração, avaliação e planeamento financeiro; gestão eficaz dos consumos domésticos: estratégias e atitudes; decisões financeiras conscientes: função e papel do crédito, avaliação das opções de crédito; formas de renegociação; poupança e investimento: importância da poupança continuada; perfis de investidores; tipos de aplicações; dificuldades financeiras que estratégias adotar; bem como o case study: o meu plano financeiro, de modo a saber avaliar os recursos financeiros e realizar uma utilização mais eficiente e optimizada; compreender a necessidade de planear a vida financeira; reconhecer a importância da definição de metas na vida; identificar estratégias e atitudes para uma gestão eficaz dos consumos domésticos; reconhecer as vantagens do recurso ao crédito e avaliar opções disponíveis no mercado; compreender a importância da poupança continuada; reconhecer as alternativas de poupança e investimento de acordo com o perfil individual e definir as estratégias a adoptar em caso de dificuldade financeira.

Estes workshops são gratuitos e estão disponíveis para todo os consumidores e colaboradores e/ou membros das entidades públicas e outros organismos que pretendam realizar sessões de esclarecimento.

info, ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS