Câmara de Santarém já distribuiu três mil máscaras pelos munícipes carenciados

Foto ilsutrativa

A Câmara Municipal de Santarém já disponibilizou, até hoje, mais de três mil máscaras comunitárias a munícipes de risco, com problemas de saúde graves e em situação de carência económica.

Em comunicado, o Município refere que desencadeou uma “metodologia de trabalho em rede com as equipas de intervenção no âmbito do acompanhamento social” e como estas equipas têm contacto directo com a população, “têm sido as agentes de identificação de instituições e/ou famílias, bem como de entrega de máscaras a quem precisa e não consegue comprar”.

PUBLICIDADE

As máscaras comunitárias foram distribuídas pelas duas equipas do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS) – Cruz Vermelha Portuguesa e Santa Casa da Misericórdia de Pernes (SCMS); pelas três equipas de acompanhamento de Rendimento Social de Inserção (RSI) – Centro Social Interparoquial de Santarém (CSIS), Santa Casa da Misericórdia de Santarém (SCMS) e Associação para o Desenvolvimento Social e Comunitário de Santarém (ADSCS); e ainda pelos espaços de acolhimento e refeição de Pessoas em Situação de Sem Abrigo;  e por famílias em situação de atendimento/acompanhamento por parte da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ).

Pontualmente, são dadas também em situações de atendimento e acompanhamento na Divisão de Ação Social e Saúde (DASS) do Município (ex-Escola Prática de Cavalaria).

A autarquia apela à população em geral que, se de facto de se encontrar numa destas situação deve informar os técnicos das SAAS, do RSI , da CPCJ ou mesmo da DASS, para obter este apoio.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS