A Câmara Municipal de Tomar e a Canto Firme de Tomar – Associação de Cultura celebraram, no dia 8 de Janeiro, dois protocolos de colaboração entre as entidades.

Segundo uma nota de imprensa da autarquia, o primeiro protocolo tem como propósito o estabelecimento de bases para a colaboração entre o Município e a Canto Firme na criação de condições que permitam o desenvolvimento da Orquestra Sinfónica de Tomar.

O protocolo prevê o apoio logístico e financeiro e integração no programa cultural municipal, por forma a que a Associação realize, entre outras acções, concertos (locais, regionais, nacionais e/ou internacionais) e actividades de cariz educativo.

Já o segundo protocolo tem como objectivo a prossecução de acções de dinamização e valorização da Casa Memória Lopes-Graça.

“Considerando que a Canto Firme tem promovido, ao longo dos anos, um importante trabalho de divulgação da obra e da figura de Lopes-Graça, sendo ele seu sócio honorário e com obras dedicadas a esta associação, através do seu Coro”, justifica a autarquia.

Os protocolos celebraram-se entre a Câmara Municipal de Tomar representada pela presidente Anabela Freitas e Canto Firme de Tomar – Associação de Cultura representada pelo presidente da direcção, Simão Francisco, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Leia também...

A herdade no Alviela e o pergaminho que ia para o lixo

Pergaminho do século XII salvo do lixo em Vale de Figueira.

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Associação ‘Praça Maior’ fecha gestão da Praça de Touros ‘Celestino Graça’ com sentido de missão cumprida

A Associação “Praça Maior”, responsável pela organização das corridas de toiros na…

Gilberto Gil dá concerto com Adriana Calcanhotto em Santarém

A 7 de Novembro.