A Câmara Municipal de Tomar e a Canto Firme de Tomar – Associação de Cultura celebraram, no dia 8 de Janeiro, dois protocolos de colaboração entre as entidades.

Segundo uma nota de imprensa da autarquia, o primeiro protocolo tem como propósito o estabelecimento de bases para a colaboração entre o Município e a Canto Firme na criação de condições que permitam o desenvolvimento da Orquestra Sinfónica de Tomar.

O protocolo prevê o apoio logístico e financeiro e integração no programa cultural municipal, por forma a que a Associação realize, entre outras acções, concertos (locais, regionais, nacionais e/ou internacionais) e actividades de cariz educativo.

PUBLICIDADE

Já o segundo protocolo tem como objectivo a prossecução de acções de dinamização e valorização da Casa Memória Lopes-Graça.

“Considerando que a Canto Firme tem promovido, ao longo dos anos, um importante trabalho de divulgação da obra e da figura de Lopes-Graça, sendo ele seu sócio honorário e com obras dedicadas a esta associação, através do seu Coro”, justifica a autarquia.

Os protocolos celebraram-se entre a Câmara Municipal de Tomar representada pela presidente Anabela Freitas e Canto Firme de Tomar – Associação de Cultura representada pelo presidente da direcção, Simão Francisco, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

PUBLICIDADE
Leia também...

VÍDEO | Celestino Graça nasceu há 107 anos!

Cumprem-se neste sábado, dia 9 de Janeiro, cento e sete anos sobre…

Conservatório de Música de Santarém cria programa de formação em dança

O Conservatório de Música de Santarém iniciou este ano lectivo um programa…

Visitas ao Castelo de Almourol suspensas devido ao elevado caudal do Rio Tejo

A Câmara Municipal da Barquinha decidiu suspender, a partir de hoje e…

FOTOS | Marquês de Sá da Bandeira homenageado no 145º aniversário da sua morte

Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, também conhecido como Marquês de Sá…