A Câmara de Torres Novas vai adquirir um edifício que se encontra devoluto à Caixa Geral de Depósitos (CGD), por 200 mil euros, com o objectivo de aí instalar a Startup e o Centro de Estudos Politécnicos.

“Trata-se de um edifício com nobreza arquitectónica, estrategicamente localizado, cuja aquisição se enquadra na estratégia de reabilitação do centro histórico, tendo o município, ao longo dos últimos anos, apostado na regeneração de imóveis como o Convento do Carmo, a Central do Caldeirão, o Prédio Alvarenga, a Praça dos Claras, o Almonda Parque, entre outros”, refere uma nota da Câmara de Torres Novas.

Também em comunicado, o BE afirma que votou contra essa decisão na última reunião do executivo municipal “porque considera que as prioridades devem ser outras, como a reabilitação de casas para habitação e que o município já detém edifícios suficientes para toda a sua actividade”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Rotary Clube de Santarém distingue Sílvia Carreira como profissional do ano

Sílvia Carreira, directora técnica do Lar Gualdim, do Centro Social Interparoquial de…

Câmara de Santarém pede 270 mil euros ao BEI para requalificação de avenida

A Câmara de Santarém aprovou hoje a contracção de um empréstimo de…

Aberto concurso para ingresso de 10 bombeiros para os Sapadores de Santarém

A Câmara de Santarém abriu um Concurso Externo de Ingresso para 10…