O Campeonato do Mundo de Border Collie e o Europeu de Agility, competições que iriam decorrer em Julho na Cidade Desportiva de Abrantes com concorrentes oriundos de 40 países, foram adiados para 2025 devido à pandemia, anunciou a organização.

Em comunicado, o Clube Cinófilo do Altentejo (CCA), entidade organizadora, refere que “o cancelamento para este ano se deve à situação pandémica vivida em Portugal e no mundo, com o atraso significativo no processo de vacinação contra a covid-19 e que fez derrapar a expectativa de normalização da mesma apenas para o final do presente ano”.

Ao Campeonato da Europa de Agility, que iria envolver em Abrantes representantes de mais de 40 países e cerca de 1.300 binómios (homem/mulher e um cão), juntar-se-ia ainda o ‘Border Collie Classics’, o Campeonato do Mundo em Agility para uma raça específica, e o Mundial Júnior da modalidade, competições que iriam decorrer ao longo de todo o mês de Julho em Portugal.

“A incerteza da situação fronteiriça e o risco de contágio ainda prevalente, conjugados com o facto de se tratar de competições internacionais com um número relevante de participantes, levaram-nos, infelizmente, a escolher a segurança de todos os envolvidos, competidores, organizadores e seus parceiros e público, optando assim pelo cancelamento”, é referido na nota.

PUBLICIDADE

Após a comunicação desta decisão à Federação Cinológica Internacional (FCI), e “tendo em conta que as organizações dos campeonatos caninos para os próximos anos já iniciaram os respectivos preparativos, foi decidido em reunião de delegados dos países à FCI que Portugal teria prioridade na organização dos eventos na primeira data disponível ficando assim agendados para o ano de 2025”, é acrescentado.

“Seria um ano em cheio para Portugal porquanto era a primeira vez que o nosso país acolheria estas competições internacionais, mais a mais trazendo milhares de pessoas de outras países para a região, mas terá de ser em 2025 e será muito bom nessa altura para todos”, disse à Lusa Ezequiel Sousa, presidente do Clube Cinófilo do Alentejo (CCA), entidade organizadora.

Ezequiel Sousa referiu ainda que “Abrantes mantém-se como a cidade escolhida para ser a capital mundial de Agility porque está numa zona central do país e porque a edilidade já trabalha com o CCA na realização de algumas provas e disponibilizou-se para ser parceiro deste grande evento”.

Agility é um desporto competitivo que se caracteriza por ser uma prova de destreza canina em que o dono dirige o seu cão por uma série de obstáculos e em que o objectivo é terminar a prova sem cometer infracções e no menor tempo possível.

A candidatura foi oficializada pelo Clube Português de Canicultura e atribuiu ao Clube Cinófilo do Alentejo a organização do Campeonato da Europa, que, por sua vez, decidiu realizar os eventos em Abrantes.

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…