Cardiologistas integram Serviço de Medicina Intensiva dos Hospitais do Médio Tejo

O Serviço de Medicina Intensiva do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) vai passar a integrar médicos especialistas de Cardiologia. Estes profissionais já exercem funções no CHMT, enquanto prestadores de serviços.

Segundo o Conselho de Administração do CHMT, a integração dos Cardiologistas no Serviço de Medicina Intensiva, vem “reforçar o carácter multidisciplinar deste Serviço e a qualidade da prestação de cuidados aos doentes”.

Como este serviço tem idoneidade formativa total, esta integração vai permitir “que os únicos três médicos Cardiologistas do quadro do CHMT, EPE, possam assumir projectos de desenvolvimento e de diferenciação clínica do próprio Serviço de Cardiologia visando no futuro próximo aumentarem a diferenciação técnica do Serviço, atraindo mais jovens médicos”, refere a mesma fonte.

PUBLICIDADE

As últimas vagas atribuídas ao CHMT para a especialidade de Cardiologia têm ficado desertas, apesar de haver mais de dezasseis cardiologistas em prestação de serviço na Instituição.

“Esta situação de vagas que ficam desertas nos sucessivos concursos para a admissão de novos cardiologistas, torna ainda mais premente o intensificar de esforços para o enquadramento nos cuidados críticos da Cardiologia e o lançamento de novos projectos que passam pela diferenciação técnica do Serviço e aquisição de novos equipamentos, de forma a atrair mais médicos para o  quadro do Serviço de cardiologia”, conclui a nota.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS