A instalação do equipamento de Ressonância Magnética, na Unidade Hospitalar de Abrantes do CHMT, está na fase final de conclusão, quando ainda estão a decorrer os trabalhos de adaptação da sala adjacente onde o equipamento está instalado.

O Conselho de Administração efectuou mais uma visita de acompanhamento da obra, de modo a garantir que “a sua conclusão seja em breve, para que possa entrar em funcionamento a prestação deste serviço diferenciado aos utentes do CHMT, assim que possível”.

Com este equipamento de Ressonância Magnética, o Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, deixa de estar dependente de entidades externas para a realização de exames RM, o que traz mais qualidade e conforto aos utentes do CHMT, evitando-se deslocações, e aumenta a diferenciação do diagnóstico e de apoio à decisão clínica do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE.

Recorde-se que a instalação do equipamento de Ressonância Magnética no CHMT ultrapassa 1 milhão de euros, prova dos elevados níveis de investimento em curso no Centro Hospitalar do Médio Tejo. Níveis de investimento que traduzem a constante articulação entre este Centro Hospitalar e a Tutela.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Só Coruche e Sardoal escapam ao recolher obrigatório às 13h00 no fim-de-semana

Os concelhos de Coruche e Sardoal são os únicos, no Distrito de…

Hospital de Santarém no limite da capacidade de internamento de doentes covid

O Hospital Distrital de Santarém atingiu o limite da sua capacidade prevista…

Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria

O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para…

Tratamento do cancro da mama no HDS novamente reconhecido a nível internacional

A Unidade de Senologia do Hospital Distrital de Santarém (HDS) viu renovada…