A construção da Área de Acolhimento Empresarial de Freixianda, norte do concelho de Ourém, um investimento de cerca de 3,7 milhões de euros, vai iniciar este mês, depois da assinatura do auto de consignação da empreitada.

“A Área de Acolhimento Empresarial de Freixianda será implantada em Valongo, envolvendo uma área superior a 10 hectares, na qual serão construídos 23 lotes destinados à implementação de empresas, estando igualmente configurada a possibilidade de expansão em caso de necessidade futura”, refere uma nota de imprensa do município do distrito de Santarém.

De acordo com a mesma nota, a obra tem financiamento de três milhões de euros de fundos comunitários, cabendo à Câmara 788 mil euros.

Citado na nota, o presidente do município, Luís Albuquerque, destacou a importância do investimento.

“Trata-se de uma empreitada de importância extrema para o concelho de Ourém e, sobretudo, para a zona na qual será construída esta área empresarial. Vai criar centenas de postos de trabalho, vai gerar riqueza e vai permitir a fixação de famílias, combatendo, de igual modo, o êxodo rural que se vem verificando ao longo dos últimos anos”, afirmou o autarca.

À agência Lusa, Luís Albuquerque adiantou que esta “é uma obra desejada há décadas pela zona norte do concelho, que tem vindo a perder população ano após ano”.

“Pretendemos que esta seja uma oportunidade para a instalação de empresas, criação de postos de trabalho e fixação de pessoas”, declarou.

O autarca acrescentou que a obra arranca no final de agosto e tem um prazo de execução de 14 meses.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.