Municipais de Santarém debaixo de fogo: Vídeo polémico pode acabar nas malhas da justiça

Os bombeiros Municipais de Santarém ponderam apresentar queixa no Ministério Público contra os autores de um vídeo que se tornou viral nas redes sociais ao mostrar uma viatura da corporação a ser protegida pela população das chamas, no sábado, dia 5, em Prado, Alcanede.

A publicação, feita no Facebook, estava acompanhada de um texto pondo em causa o trabalho dos operacionais: “Bombeiros Municipais no seu melhor! Bombeiros abandonam o carro e incêndio fica entregue aos populares que inclusive salvaram a viatura!”

Na publicação original, que foi retirada das redes sociais ao final da tarde de domingo – e que o Correio do Ribatejo divulga no seu canal do Youtube – ouve-se igualmente um dos populares a criticar a actuação dos soldados da paz: “Os bombeiros fugiram e andam aqui cinco malucos a guardar o carro”.

A polémica rapidamente se espalhou pelas redes sociais, com inflamada troca de argumentos entre defensores e críticos da publicação e dos autores do vídeo.

A reacção da corporação não se fez esperar e o comandante da corporação, José Guilherme Costa São Marcos, formulou um texto respondendo às insinuações.

“A situação em causa veio na origem de uma avaria mecânica”, garantem os bombeiros de Santarém, que consideram que os autores do vídeo agiram de má fé em relação ao trabalho dos bombeiros. “

“O vídeo mostra que mentalidades e comportamentos de cidadãos como estes, devem ser alvo de queixa ao Ministério Público, por difamação ao bom nome dos Bombeiros Municipais de Santarém, situação que se encontra a ser ponderada por esta corporação”, pode ler-se no texto remetido ao nosso jornal.

Os bombeiros de Santarém garantem que a viatura não foi abandonada, e que se encontrava no local devido a uma avaria mecânica na alimentação do motor do combustível.

Foi ainda adiantado que antes dos soldados da paz saírem do local, criaram uma faixa de segurança, “os operacionais reportaram a situação ao posto de comando, que, por sua vez, conduziu todos os esforços, quer seja por descargas dos meios, quer seja por apoio aos bombeiros, com o objectivo de ficarem em segurança”.

Os ocupantes da viatura continuaram a apagar as chamas noutro ponto, asseguram os bombeiros municipais de Santarém, que acrescentam que a viatura foi reparada por um mecânico no local e voltou ao teatro de operações.

No comunicado é ainda realçado que a zona florestal onde ocorreu a situação não estava limpa pelos proprietários.

“Quando existe este comportamento por parte do cidadão, do não cumprimento da legislação, em termos de limpeza de terrenos, estamos perante pessoas que agem de má fé e que com a sua atitude colocam em perigo, não só as populações, como em primeira linha, os operacionais que combatem os incêndios”.

Os BMS referem ainda que “o vídeo mostra o comportamento de um grupo de cidadãos que não merecem ser respeitados na sociedade onde vivem. Aqueles cidadãos ao agirem da forma como agiram, denigrem a imagem da excelência de sociedade que existe, não só no município de Santarém, como no resto do país”, conclui.

info,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS