Terminou no dia 27 de Setembro o ciclo de três sessões de esclarecimento sobre o programa de apoio ao empreendedorismo levado a cabo pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém. Depois de ter estado em Torres Novas e Santarém, a associação levou o tema à Startup Ourém, onde marcaram presença cerca de 50 interessados neste programa do Governo de Portugal e que deverá abrir aviso de candidatura ainda este ano.

O objectivo da NERSANT com estas sessões foi “antecipar todo o trabalho de construção do plano de negócios, nomeadamente o estudo de viabilidade económico-financeira do projecto, de forma a que os empreendedores elegíveis da região estejam preparados para apresentar num curto de espaço de tempo, as suas candidaturas, após a abertura do aviso, que se prevê que aconteça até ao final do ano”, esclareceu Pedro Félix, Vice-Presidente da Comissão Executiva da NERSANT e responsável pela área de empreendedorismo.

O responsável da associação empresarial referiu ainda que a NERSANT “vai apoiar as candidaturas da região, auxiliando os empreendedores no processo de construção do modelo de negócio e na composição do plano de viabilidade necessário, bem como na própria submissão da candidatura, sem qualquer custo para os empreendedores elegíveis, verifique-se – ou não – a aprovação da candidatura”.

O programa Empreende XXI vai financiar até 85% a criação de empresas por desempregados inscritos no IEFP, com ou sem subsídio de desemprego – são estes os empreendedores elegíveis para o projecto – com um investimento total até 175 mil euros. O apoio divide-se na atribuição de um subsídio não reembolsável até ao limite de 40% do investimento elegível e um empréstimo sem juros, até ao limite de 45%.

São enquadráveis no programa Empreende XXI, investimentos em máquinas e equipamentos, mobiliário e outro equipamento de escritório, investimentos em equipamento informático e software, investimentos na área da transição digital (websites, lojas online, gestão e dinamização de redes sociais), despesas com obras de adaptação e remodelação das instalações, aquisição de viaturas (caso sejam indispensáveis para a implementação do projeto) e fundo de maneio referente ao projecto, até 50% do investimento elegível (com o limite de 4.432,00€).

Para além da ajuda financeira para a criação de empresas e à criação do próprio emprego, os beneficiários do programa receberão formação profissional, mentoria e consultoria especializadas na área do empreendedorismo e terão a possibilidade de se instalarem em incubadoras, se necessário.

Tendo em conta o interesse registado pela NERSANT no programa Empreende XXI – estiveram presentes mais de 100 empreendedores no conjunto das três sessões de esclarecimento já realizadas – a associação abriu inscrições para um novo seminário de apresentação do programa, desta vez em modo online. O webinar está agendado para o dia 4 de Outubro, pelas 15:00, com inscrições gratuitas em https://www.nersant.pt/agenda/evento/apoio-a-criacao-de-empresas-e-a-criacao-do-proprio-emprego-empreende-xxi?2022.10.04-15:00-1192.

Os empreendedores interessados em começar a preparar a sua candidatura ao Empreende XXI podem submeter a sua ideia de negócio no portal Sítio do Empreendedor, de modo a que a equipa de apoio ao empreendedorismo possa iniciar os trabalhos de apoio ao desenvolvimento do projecto e candidatura. O portal Sítio do Empreendedor está disponível em http://sitiodoempreendedor.nersant.pt/. Mais informações podem ser obtidas através dos contactos sitiodoempreendedor@nersant.pt ou 249 839 500.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.