Dois peregrinos impedidos de entrar na Capelinha das Aparições em Fátima

Dois peregrinos, um homem e uma mulher, tentaram entrar na Capelinha das Aparições, pouco antes das cerimónias da peregrinação de Maio começar, tendo sido impedidos por militares da GNR e vigilantes do Santuário de Fátima.

Um homem, já depois de ter sido avisado por vigilantes, saltou as grades e passou as barreiras no lado norte do santuário, por forma a chegar à Capelinha das Aparições, afirmou aos jornalistas a directora de comunicação do Santuário de Fátima, Carmo Rodeia.

Segundo Carmo Rodeia, os vigilantes que estão no local não conseguiram parar o homem, que também ter-se-á voltado contra militares da GNR.

PUBLICIDADE

Já dentro do recinto e próximo da Capelinha das Aparições, o homem, que segurava um quadro com uma imagem da Virgem de Fátima, sofreu uma placagem por parte de um militar da GNR, tendo sido imediatamente imobilizado.

De acordo com a responsável de comunicação do santuário, o homem está de momento retido, à guarda da GNR. O homem já tinha tentado, durante a tarde, entrar no santuário, pelo lado sul, mas foi impedido por vigilantes da instituição.

Durante o incidente, a agência Lusa identificou uma mulher que também tentava chegar à Capelinha das Aparições, gritando “Deus ajuda-me”.

Carmo Rodeia esclareceu que o santuário ainda não sabe se as duas pessoas têm alguma ligação, referindo que a mulher também foi retida pela GNR.

A peregrinação internacional de Maio, que começou hoje, realiza-se pela primeira vez na sua história sem peregrinos no recinto do Santuário de Fátima, na sequência das decisões do Governo face à pandemia da covid-19, estando apenas presentes as pessoas directamente implicadas nos diferentes momentos celebrativos.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS