Entroncamento recebe o 3º Ciclo de Jazz

O Município do Entroncamento recebe, em Novembro e Dezembro, o 3º Ciclo de Jazz que vem reforçar a oferta cultural da cidade, numa aposta de valorização da música disponibilizando ao público três concertos de entrada gratuita.

A imagem de marca deste Ciclo é a enorme criatividade dos músicos que gostam de sair constantemente da sua zona de conforto através da improvisação, que caracteriza cada concerto como um espectáculo único e memorável.

A estrear este Ciclo, sobe ao palco do Centro Cultural, no dia 10 de Novembro pelas 21h30, os Ensemble Acoustic Sessions, um projecto de covers semi-acústico constituído por voz, baixo, piano e bateria, um formato diferente e inovador a nível instrumental, que se destaca pela sua versatilidade e por imprimir uma identidade própria aos temas que interpreta, através dos arranjos musicais.

O seu reportório percorre sonoridades do Jazz, Bossa Nova, Soul, Pop/Rock, Funk, Blues e música tradicional Portuguesa.

A 24 de Novembro pelas 21h30, o Centro Cultural recebe Ciro Cruz Quartet, um projecto de Jazz Fusão com diversas influências, muita improvisação e harmonias ricas. A música deste quarteto é uma viagem que passa pelo Jazz, Funk, Sambas e muitos outros ritmos de várias partes do mundo.

O baixista, compositor e produtor Ciro Cruz já tocou com artistas como Gabriel ”O Pensador”, Ed Motta, Mariza, Stewart Copland (The Police), Rui Veloso, Jorge Palma, entre muitos outros, foi ainda director da Banda Rock In Rio durante 4 edições do Festival. Recentemente gravou o seu quinto álbum “Volume 5 Sinergy”.

A 8 de Dezembro pelas 21h30, o Museu Nacional Ferroviário recebe o concerto que encerra este Ciclo de Jazz, pelo grupo César Cardoso Quartet, constituído por saxofone tenor, guitarra, contrabaixo e bateria. Recentemente César Cardoso, saxofonista, compositor e arranjador lançou “Interchange”, disco Antena 2, que contou com uma grande crítica nacional e internacional. Com este novo álbum César Cardoso pretendeu criar uma nova abordagem nas composições, com uma música mais complexa sem perder a força melódica, uma característica imprescindível no Jazz.

info, , , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS