Ex-militar preso preventivamente por violência doméstica

Um homem de 77 anos que foi detido na quarta-feira, no Cartaxo, por violência doméstica, vai ficar preso preventivamente no presídio militar de Tomar, por ser militar na reforma, afirma um comunicado da PSP.

Segundo o comando distrital de Santarém da Polícia de Segurança Pública, o homem é reincidente, estando o processo em investigação.

A detenção ocorreu na sequência da emissão de mandado de detenção e condução pelo Departamento de Investigação e Acção Penal de Santarém, tendo sido decretada a medida de coação de prisão preventiva, após primeiro interrogatório judicial.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS