Freira de Fátima morre vítima de hemorragia cerebral durante missa

Marta Mendes, irmã na Congregação da Aliança de Santa Maria, morreu no passado domingo, 17 de Maio, na sequência de uma hemorragia cerebral ocorrida numa missa, em Fátima.

Segundo a Congregação, a irmã sofreu uma hemorragia cerebral, no dia 13 de Maio, durante a celebração eucarística, enquanto lia um texto da sua autoria.

Marta Mendes, de 35 anos de idade e natural de Guimarães, pertencia à Congregação da Aliança de Santa Maria, desde 1 de Janeiro de 2006, tendo professado os seus votos perpétuos no dia 21 de Novembro de 2015, em Fátima.

PUBLICIDADE

Marta era licenciada em Ciências Religiosas, pela Universidade Católica Portuguesa, e encontrava-se, actualmente, a terminar o Mestrado em discernimento vocacional e acompanhamento espiritual, na Escola de Formadores de Salamanca. Actualmente era a Mestra de Noviças e fazia parte do Governo Geral da Aliança de Santa Maria.

As cerimónias funebres realizaram esta terça-feira, 19 de Maio,  pelas 14h00, no cemitério de Fátima, e dadas as circunstâncias actuais de pandemia covid-19, só estiveram presentes os familiares próximos e irmãs da congregação.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS