O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da GNR de Coruche retirou e apreendeu um rede de grandes dimensões destinada à captura ilegal da espécie “Anguilla anguilla” (meixão) no passado dia 14 de Fevereiro, no rio Tejo, entre os concelhos de Benavente e Salvaterra de Magos.

Segundo o Comando Territorial de Santarém, a rede que foi retirada da água e apreendida, são “frequentemente utilizadas para a captura ilegal de meixão são também, extremamente lesivas para a fauna existente, devido às suas características”.

“A enguia europeia, ”Anguilla anguilla”, na fase larvar é conhecida por enguia juvenil/meixão, é uma espécie criticamente em perigo e que tem sofrido grande redução devido à pesca ilegal, impedindo desta forma o normal ciclo de reprodução, colocando em causa a sustentabilidade da espécie”, destaca a mesma fonte.

Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Santarém.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…