Golos madrugadores ditam sorte do jogo

Campeonato Nacional da 1.ª Divisão da Associação de Futebol de Santarém

U. Santarém, 5 – Alcanenense, 0

Um golo de Pedro Augusto, logo aos dois minutos de jogo, abriu caminho à vitória folgada da União Desportiva de Santarém (UDS), e permitiu à formação de Mário Ruas somar mais três pontos na luta pela subida ao Campeonato de Portugal, o grande objectivo do clube.

O clube unionista teve sempre o domínio da partida, perante um Alcanenense com alguns valores individuais mas que nunca se encontraram enquanto equipa.

A história do jogo, é a história dos golos, dois deles madrugadores.

À passagem do minuto cinco, um corte infeliz de Ivandro leva a bola ao fundo das redes da baliza Alcanenense. O auto-golo colocava a UDS a vencer por 2-0, vantagem que poderia ter sido aumentada logo no minuto 16, mas Bexiga rematou ao lado do poste direito da baliza à guarda de João Souza e as três equipas foram para o intervalo com a turma da casa a vencer.

No reatamento, logo aos 55 minutos, Leo confirmou a vantagem unionista num bonito lance individual, onde ficou evidente a boa técnica do avançado da UDS. Ganhou no um para um, sobre um defesa adversário e desviou do alcance do guarda-redes Alcanenense levando a bola a entrar junto ao poste direito da baliza adversária.

Oito minutos depois, Vinicius fez falta dentro da área sobre Pratas. Bexiga, chamado a transformar a grande penalidade, bateu pela quarta vez o guardião João Souza. Um golo merecido pelo jogo esforçado que fez no meio campo unionista.

O Alcanenense teve oportunidade, à passagem do minuto 74, para colorir o placar a seu favor, mas Coli, num golpe de rins, manteve intocáveis as suas redes.

Aos 80 minutos, Pratas ensaiou o golo num remate cruzado ao lado do poste esquerdo da baliza alcanenense, mas corrigiu a mira e sorriu para o golo já no segundo dos três minutos de tempo extra dados pelo árbitro, fixando o placar no 5-0 final.

A arbitragem de João Conde acaba por ser positiva, com o senão da actuação tardia no capítulo disciplinar.

Ficha técnica:

Campo Chã das Padeiras, em Santarém, em amena tarde de sol e com entrada grátis a todas as mulheres, uma gentileza da SAD escalabitana.

Árbitro: João Conde, assistido por João Lopes e Daniel Godinho.

U. Santarém: Coli, Rony, Ndami (Nuno Afonso, 65’), Bexiga, Leo (Telmo, 65’), Pedro Augusto (Noque, 69’), António, Pratas, Tomás, Ganhão e Duarte.

Suplentes não utilizados: Diogo Ferreira, Fabinho, Tiago e Diogo.

Treinador: Mário Ruas.

Acção disciplinar:  cartão amarelo para Telmo aos 84’.

Alcanenense: João Souza, Heron, Ivandro, Peu (Tang, 68’), Wacil (Tam, 68’), Pique (Vítor, após o intervalo), Ronaldo, Kleber, Nelson (Vidal, 61’), Vinicius e Igor.

Suplentes não utilizados: Zé Miguel, Lucas e Kengo.

Treinador: José Torcato.

Acção disciplinar:  cartões amarelos para Wacil (33’), Vinicius (62’) e Igor (90’+1’).

Golos:  1-0 Pedro Augusto (2’), 2-0 Ivandro (auto-golo, 5’), 3-0 Leo (55’), 4-0 Bexiga (g.p., 63’), 5-0 Pratas (90’+1’)

Ao intervalo: 2-0.

Resultado final: 5-0.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS