Governo promete fiscalizar explorações pecuárias junto ao Rio da Fonte

O Ministério do Ambiente vai fiscalizar as explorações pecuárias existentes nas imediações do rio da Fonte. A medida foi revelada em resposta uma pergunta da deputada Fabíola Cardoso, do Bloco de Esquerda (BE), sobre uma descarga poluente no rio da Fonte em Pontével, Cartaxo.

Segundo o BE, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática revelou que a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR têm previstas fiscalizações naquelas industrias e admitiu que que a massa de água do rio da Fonte está classificada com “estado inferior a Bom” ou “Razoável”, devido aos valores de parâmetros físico-químicos, biológicos e hidromorfológicos.

Em comunicado, o BE refere que a “poluição de linhas de água é um problema recorrente, não só no distrito de Santarém, mas também ao nível nacional”

PUBLICIDADE

O partido assinala ainda que “continuará a acompanhar de perto o estado ambiental do rio da Fonte e a exigir que se apurem todas as responsabilidades das entidades envolvidas”, e acrescenta que a “população local tem direito à fruição de um ambiente saudável e aprazível”.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS