Homem detido por atear fogo a 12 ecopontos e duas viaturas fica em prisão preventiva

O homem detido na passada terça-feira por, durante a noite, ter ateado fogo a 12 ecopontos e duas viaturas, em Tomar, vai ficar preso preventivamente enquanto decorre a investigação pela Polícia Judiciária, refere um comunicado do Ministério Público de Santarém.

O homem, com 48 anos, originário do Minho, encontrava-se indiciado pela prática do crime de incêndio doloso, afirmando a nota que da sua actuação resultaram prejuízos da ordem dos 7.300 euros (4.267 dos quais relativos aos ecopontos).

O facto de o arguido ter sido anteriormente condenado a uma pena de prisão de oito anos e seis meses por crime de incêndio pesou na aplicação da medida de coação mais grave, adianta a nota.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS