O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) atendeu em consulta aberta 100 doentes durante o ano de 2020 e mantém esta modalidade nas unidades hospitalares em Abrantes, Tomar e Torres Novas.

Segundo CHMT, esta modalidade foi iniciada em 2016 e tem como objectivo reforçar a prestação de cuidados de saúde, mesmo nesta fase pandémica.

“A Consulta Aberta destina-se a doentes não urgentes e que podem, voluntariamente, optar por esta modalidade. Os utentes devem dirigir-se ao atendimento administrativo do Serviço de Urgências para informações e inscrição na Consulta Aberta”, refere um comunicado da instituição.

PUBLICIDADE

Nesta Consulta Aberta, disponibilizada pelo CHMT, os doentes são avaliados em consulta de enfermagem e em consulta médica, tendo acesso igualmente a meios de diagnóstico (análises, RX e outros Exames que o médico entenda serem necessários), tal qual como no Serviço de Urgência.

Apesar do baixo número de atendimentos este ano na Consulta Aberta, o Conselho de Administração do CHMT, decidiu manter esta mesma modalidade, como um reforço no atendimento, descongestionando o Serviço de Urgência, permitindo que a equipa de saúde deste Serviço fique mais liberta para o atendimento aos casos emergentes e urgentes.

A consulta aberta funciona às segunda, terças, quintas e sextas-feiras, entre as 18h30 às 22h00.

PUBLICIDADE
Leia também...

Só Coruche e Sardoal escapam ao recolher obrigatório às 13h00 no fim-de-semana

Os concelhos de Coruche e Sardoal são os únicos, no Distrito de…

Hospital de Santarém no limite da capacidade de internamento de doentes covid

O Hospital Distrital de Santarém atingiu o limite da sua capacidade prevista…

Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria

O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para…

Transmissão comunitária preocupa autarcas de Santarém

Os autarcas de Santarém estão apreensivos com a evolução negativa da situação…