Idosa de 101 anos morreu e surto sobe para 51 infectados em lar no Entroncamento

O número de infectados com o novo coronavirus SARS-CoV-2 no Lar dos Ferroviários, no Entroncamento, subiu para 51, tendo morrido uma das idosas que tinha testado positivo.

O presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, disse em declarações à Lusa que um utente que inicialmente tinha sido considerado inconclusivo testou positivo à covid-19 e que morreu uma das utentes infectadas, uma mulher com 101 anos que estava internada no Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Segundo o autarca, os resultados dos testes realizados a 311 funcionários (196 do município e os restantes das juntas de freguesia do concelho), conhecidos hoje, foram todos negativos, mantendo-se apenas o caso de infecção da funcionária que se havia voluntariado para prestar assistência no lar e que, no teste prévio, revelou estar infectada.

PUBLICIDADE

Os primeiros casos no Lar dos Ferroviários foram conhecidos no passado dia 10, tendo no final da semana sido confirmada a infecção em 50 dos 75 utentes e em 18 funcionários.

Jorge Faria adiantou que a assistência aos idosos tem vindo a ser reforçada com recurso a voluntários do município e da Segurança Social, através da Cruz Vermelha, tendo sido colocadas hoje mais duas pessoas através do centro de emprego e mais uma da autarquia.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS