O Município de Santarém deliberou ontem, em reunião de Câmara, a aceitação da doação de imóveis da parte de Maria de Lurdes Dias D’ Holbeche Fino, sendo o fim destinado à instalação de serviços municipais de âmbito cultural.

O presidente da Câmara, na apresentação do ponto que foi aprovado por unanimidade, agradeceu publicamente a presente doação, referindo “que se trata de um espaço muito bonito e que o Município tudo vai fazer para honrar o nome da benemérita, tornando-o um espaço de referência no âmbito cultural”, afirmou Ricardo Gonçalves.

Maria de Lurdes Dias D’Holbeche Fino refere ainda na doação que o prédio urbano não pode ser vendido, alienado ou para qualquer outro fim que não o cultural.

PUBLICIDADE

Para além do imóvel referido, a benemérita doou ainda ao Município de Santarém três prédios rústicos, sendo um junto à encosta de Santa Margarida e dois localizados em Santa Iria da Ribeira de Santarém.

Câmara apoia investimentos em freguesias

O Município de Santarém, no âmbito da delegação de competências, aprovou aindas na reunião de câmara de segunda-feira, a transferência da verba necessária para a União de Freguesias de Azoia de Cima e Tremês proceder à realização das obras de reabilitação da Escola Básica de Azoia de Cima no valor total de 21.263,64 €.

A obra vai permitir substituir a estrutura do telhado da escola, a colocação de caleiras, substituição de rede eléctrica, substituição de tectos falsos e rectificação de paredes, nomeadamente, ao nível da sua pintura, interior e exterior.

Na mesma reunião foi ainda aprovado pela Câmara de Santarém assumir o valor global de 27.489,65 euros, referente à requalificação da Rua dos Foros e da Rua do Loureiro, na União de Freguesias de S. Vicente do Paúl e Vale de Figueira.

Este investimento na manutenção e conservação de caminhos e arruamentos, traduz-se, segundo a autarquia, “numa melhoria significativa das vias de comunicação, criando assim melhores condições de acessibilidades para as populações residentes”.

Para Vale de Figueira, a autarquia escalabitana atribuiu um apoio de 47.347,02 euros, para requalificação do edifício daquela União de Freguesias.

Esta intervenção teve como objectivo a substituição da cobertura e remodelação do espaço interior, segundo nota da autarquia, “de modo a criar melhores condições de conforto e funcionalidade no acolhimento da população”.

Na reunião desta segunda-feira, o executivo municipal aprovou ainda a atribuição de apoio financeiro para a elaboração do projecto da Casa Mortuária da União de Freguesias Romeira e Várzea, no valor global de 11.377,50 euros. Segundo a edilidade este apoio justifica-se “pela necessidade de criação de um espaço digno e adequado para acolher velórios, investimento de particular importância na vida da comunidade local”.

Na mesma reunião, a Câmara decidiu abrir concurso para recrutar um pedreiro para a Divisão de Gestão do Espaço Público e Espaços Verdes. O recrutamento para preenchimento deste posto de trabalho contempla que possam ser contratados trabalhadores com e sem vínculo de emprego público ou com vínculo de emprego público a termo.

PUBLICIDADE
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também...

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…

Condutor não respeita ordem de paragem e foge durante 25 km à GNR

Um homem de 31 anos foi detido e aguarda julgamento em prisão…

GNR detém dono de café por violação do confinamento

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve, no sábado, o dono de um…