Um incêndio que deflagrou numa das encostas da cidade de Santarém na tarde desta quinta-feira, 18 de Julho, chegou a ameaçar as instalações do Instituto Politécnico de Santarém.

As autoridades viram-se obrigadas a evacuar a residência do Politécnico devido à proximidade das chamas e algumas habitações na localidade de Omnias chegaram a estar em perigo.

A circulação ferroviária na Linha do Norte foi cortada cerca das 15h00, em ambos os sentidos, em Santarém, devido à passagem das chamas para o outro lado da linha e para permitir o trabalho dos operacionais no terreno, que combatem um incêndio que chegou a ter duas frentes activas. Pelas 16:50, a circulação na linha começou a ser feita de forma condicionada.

PUBLICIDADE

Segundo o CDOS o alerta para o fogo foi dado pelas 14h11 e estavam mobilizados no local às 16h20, 79 homens, 22 veículos de combate a incêndios e ainda quatro meios aéreos. O comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha, Jorge Gama, explicou que uma das frentes, a que lavrava numa encosta em direcção ao Instituto Politécnico de Santarém, “já estava totalmente dominada”, enquanto a outra frente já estava dominada “em 60%”.

Pelas 17h50, ainda se encontrava uma frente activa estando a ceder aos meios de combate.

(Em actualização)

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Jogador do Alverca em estado grave no hospital após paragem cardiorrespiratória

O futebolista brasileiro Alex Apolinário, do Alverca, encontra-se em estado grave e…

Distrito de Santarém apenas com um concelho em Risco Muito Elevado

O Governo reviu ontem a listagem dos concelhos de risco e o…