Os 11 municípios da Lezíria da Tejo concluíram a instalação de 73.519 luminárias LED na iluminação pública, o que representa uma poupança anual de 2,7 milhões de euros no custo com energia, disse fonte da Comunidade Intermunicipal.

O secretário executivo da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), António Torres, disse hoje à Lusa que os 11 municípios investiram 14,5 milhões de euros no projecto, 13,8 milhões dos quais com comparticipação FEDER, reembolsável.

Com este projecto, a cobertura de iluminação pública com tecnologia que reduz os consumos energéticos é agora de 88,8%, no conjunto dos 11 municípios – Almeirim, Alpiarça, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém e Azambuja -, sendo que alguns atingiram os 100%, disse.

PUBLICIDADE

A colocação de lâmpadas de tecnologia LED na iluminação pública nos 11 municípios que integram a CIMLT representa uma poupança energética anual de 18,4 GWh e evita a emissão de 8.654 toneladas de CO2 para o ambiente, acrescentou.

Segundo António Torres, a Lezíria do Tejo foi das poucas CIM que se candidataram a financiamento para este fim, já que a verba proveniente do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) é reembolsável.

Os municípios gozam de um período de carência de dois anos, começando depois a reembolsar 70% da poupança anual até cobrirem o total concedido, disse.

PUBLICIDADE
Leia também...

Mercadona cria 65 novos empregos com abertura de nova loja em Santarém

Em 2022.

Mercadona constrói maior bloco logístico da empresa em Almeirim

A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, anunciou que vai construir um…

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Moinho de Fau e Restaurante no Jardim das Portas do Sol colocados em hasta pública

A Câmara Municipal de Santarém vai realizar um hasta pública, no próximo…