O descerramento das placas toponímicas com os nomes do Dr. Leonardo Ribeiro de Almeida (a título póstumo), do Professor Doutor Martinho Vicente Rodrigues e do Comendador José Júlio Eloy, aconteceu esta manhã, a partir da qual as três personalidades emprestam os seus nomes a outras tantas  ruas da União de Freguesias da Cidade de Santarém. 

As três cerimónias reuniram familiares e amigos dos homenageados para além dos presidentes da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, da União de Freguesias da Cidade, Carlos Marçal, outros autarcas e personalidades que se associaram aos três momentos de homenagem.

O primeiro descerramento aconteceu pelas 10h30, junto à rotunda da Escola Secundária de Sá da Bandeira, agora Rua Dr. Leonardo Ribeiro de Almeida, por deliberação unânime do Executivo da União de Freguesias da Cidade de Santarém, a 10 de Maio de 2021.

“Leonardo Ribeiro de Almeida, ao longo da sua vida caracteriza-se por ter um culto interior, sem mácula, dos Direitos do Homem, da Liberdade e da Dignidade Humana, caracteriza-se também por uma excepcional consciência de servir e ainda por um esforço permanente de harmonização das diferenças e de conciliação dos conflitos”, afirmou Carlos Marçal.

PUBLICIDADE

Ricardo Gonçalves referiu, durante a homenagem, que atribuir o nome de uma rua a Leonardo Ribeiro de Almeida é “fazer justiça” a “um dos mais ilustres scalabitanos do século XX”.

Em nome da família, Margarida Ribeiro de Almeida lembrou que foi em Santarém que a sua família construiu as suas “mais carinhosas memórias”, referindo-se a seu pai como um “homem público, com visceral amor à Pátria”.

“Numa época de superficialidade esta homenagem revela que o município honra as suas memórias”, concluiu.

Seguiu-se o descerramento da placa toponímica ‘Rua Professor Doutor Martinho Vicente Rodrigues’, junto à Escola Superior de Saúde de Santarém.

Martinho Vicente Rodrigues, nasceu na aldeia de Tinalhas, concelho de Castelo Branco, mas adoptou Santarém como “a sua terra”, onde chegou com nove anos de idade. 

“Aqui trilhou o caminho de aprender e de ensinar”, afirmou Carlos Marçal, referindo as explicações na ‘Praça Velha’ e a fundação, em 1968, do Colégio Florbela Espanca, em Pernes. 

“O seu labor intelectual expande-se e recria-se na produção de um vasto número de obras impressas”, lembrou Carlos Marçal citando-as de seguida.

“Dar o nome de Martinho Vicente Rodrigues, a uma artéria da cidade, é, pois, prestar homenagem e preito de reconhecimento ao seu profissionalismo, quer como historiador quer ainda como professor e investigador o que muito enaltece a sua cidade e o seu país”, afirmou Carlos Marçal.

Já o presidente do Município, Ricardo Gonçalves, frisou o “brilhantismo” do homenageado enquanto historiador e agradeceu-lhe “tudo o que tem feito pelo Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão”.

“Santarém está-lhe agradecida”, concluiu.

Martinho Vicente Rodrigues disse ser santarém a sua terra, pela qual sente “uma infinita gratidão”, agradecendo a homenagem que lhe foi prestada.

A terceira personalidade homenageada esta manhã foi José Júlio Rosa Eloy, “por ter tido uma vida a todos os títulos exemplar, ética, moral e profissionalmente reconhecida, pelo que contribuiu para a valorização da cidade e da região, em todas as actividades em que se empenhou e para que o seu nome e obra sejam para sempre recordados”, lembrou Carlos Marçal, presidente da União de Freguesias da Cidade de Santarém.

Por sua vez, Ricardo Gonçalves, presidente do Município, afirmou que irá propor a atribuição a José Júlio Eloy da Medalha de Ouro da Cidade, no próximo dia 19 de Março de 2022, por altura das ‘Festas da Cidade’. Uma intenção que a pandemia adiou, segundo o autarca.

“Basta olharmos para esta moldura humana para ver os amigos que tem e o quanto esta homenagem é merecida”, afirmou, destacando ainda o “enorme envolvimento” do homenageado na comunidade. Um empresário que consegue sempre “ver mais além”.

Emocionado, José Júlio Eloy, “devoto de Santo António”, agradeceu as “palavras elogiosas” dos oradores que o antecederam e não esqueceu os colaboradores das suas empresas e os companheiros do Rotary Clube de Santarém.

Agradeceu ainda a seus pais, pois “foi graças a eles que tracei o meu percurso de vida”, referiu. 

Ficou bem clara a importância da família na vida de José Júlio Eloy a quem o sucesso da sua carreira retirou “milhares de horas de dedicação”, daí que a envolva também na distinção que lhe foi conferida.

“José Júlio Eloy, sempre se pautou pela simplicidade, pela solidariedade para com os seus semelhantes, pela intervenção cívica em prol da sua comunidade, pela intervenção política na defesa dos valores e ideais humanistas e democráticos em que acredita. Na sua vida profissional, distingue-se como um empresário de sucesso, repartido entre Santarém e Lisboa. Pela sua verticalidade de princípios, pelo sentido de justiça como se relaciona com os trabalhadores das suas empresas e das instituições que solidariamente serviu e apoiou, fazem de si um exemplo para todos nós”, destacou Carlos Marçal na sua intervenção.

São muitas as obras que assinalam o seu espírito empreendedor, fundador de várias empresas, cujos nomes foram referidos pro Carlos Marçal no decorrer da cerimónia.

“É um destacado empresário, tanto a nível regional como nacional, tendo ocupado os mais elevados cargos com dedicação e brilhantismo, sendo considerado um exemplo para os seus pares”, prosseguiu Carlos Marçal. 

Em 9 de Abril de 2018, na gala do 123º aniversário do jornal “Correio do Ribatejo”, foi-lhe reconhecido o “Elevado Mérito” pela sua trajetória empresarial, na exemplar Acção de Cidadania e de Solidariedade, com o envolvimento em instituições sociais.

(Ler notícia desenvolvida na edição impressa de 8 de Outubro de 2021 do ‘Correio do Ribatejo’).

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…