Monumental “Celestino Graça”: Ano Novo! Vida Nova!

Há muitos anos que a praça de toiros de Santarém, Monumental “Celestino Graça”, tem vindo a perder relevância no contexto da tauromaquia nacional. Mesmo com os fogachos efémeros do consulado municipal do Dr. Francisco Moita Flores, que encheu várias vezes a praça, mas em condições insustentáveis, como o futuro veio a confirmar.

Mas já antes e também depois deste período a praça de toiros escalabitana estava a atravessar uma precipitada decadência, essencialmente por culpa da inépcia das sucessivas Mesas Administrativas da Santa Casa da Misericórdia que nunca acertaram numa estratégia adequada à potencialidade reconhecida a este tauródromo.

PUBLICIDADE

Não restam dúvidas de que Santarém possui um património tauromáquico e um gosto pela Festa dos Toiros que conduziram à construção, nesta cidade, daquela que é a maior praça de toiros de Portugal e a única que compara com os grandes tauródromos do mundo. Nesta praça tiveram lugar, desde 1964, alguns dos mais importantes acontecimentos da tauromaquia nacional, ao mesmo tempo que se verificaram as maiores enchentes de público aficionado.  

Infelizmente, nos últimos anos assistiu-se a um declínio muito acentuado das condições desta praça de toiros, quer em termos de importância e de prestígio, que hoje são uma sombra do que já foram, quer em termos de assistências, quer, ainda, ao nível das próprias condições físicas do imóvel, devotado a um quase abandono, que a falta de utilização mais agravou.

Num tempo em que a Tauromaquia é tão fortemente atacada, não nos podemos dar ao luxo de desprezar a maior praça de toiros de Portugal. A defesa e a afirmação da Festa dos Toiros precisam de uma Monumental “Celestino Graça” activa e que volte encher-se de vida e de afición.

Praça Maior tem a Palavra

É neste contexto que surge a Associação Praça Maior – Identidade e Cultura que, sem objectivos de natureza financeira e movida em defesa dos valores da nossa cultura portuguesa, pretende revitalizar a actividade taurina na praça de toiros Monumental “Celestino Graça” e devolver a praça de Santarém à sua cidade, às suas gentes e à própria afición nacional.

O objectivo desta Associação é o de trabalhar com vista a tornar a praça de toiros de Santarém MAIOR: maior no seu prestígio, maior na sua importância para a Festa dos Toiros em Portugal, maior no seu contributo para a dinamização da vida cultural e popular da cidade de Santarém e do nosso País, maior no seu contributo para as actividades de acção social da Santa Casa da Misericórdia. Esta é a Missão da Praça Maior.

Com vista a salvaguardar o interesse desta praça de toiros e contribuindo, a um só tempo, para a dignificação da Tauromaquia no nosso país e para o incremento de maiores receitas para a Misericórdia de Santarém, a Associação Praça Maior pretende organizar na próxima temporada três corridas de toiros: a 17 de Março, por ocasião das Festas de S. José, comemorativas do feriado municipal e em parceria com a Câmara Municipal de Santarém; a 10 de Junho, a Corrida do Ribatejo, em parceria com a Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém; e a 16 de Junho, a Corrida dos Agricultores, em parceria com a CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal e com o CNEMA – Centro Nacional de Exposições Mercados Agrícolas.

Abonado Fundador

Para melhor concretização dos seus objectivos e como forma de potenciar o desejado envolvimento com os aficionados da região, a Praça Maior instituiu a figura do Abonado Fundador, que se destina a quem acredite e aposte no projecto da Associação para a revitalização da Monumental “Celestino Graça”, adquirindo previamente um Abono que lhe confere um expressivo conjunto de direitos, mas que, sobretudo, tem em vista o favorecimento de um melhor relacionamento entre a entidade promotora das corridas de toiros e o aficionado comum.

Segundo a informação da Praça Maior, o Abonado Fundador é alguém que se identifica com a Missão a que a Associação se propõe cumprir, e deseja participar na mesma; é alguém que, ainda sem saber a constituição dos espectáculos, acredita na Associação Praça Maior e se dispõe a fazer uma compra antecipada de bilhetes para uma zona “premium” (sabendo que existirão opções mais baratas para outras zonas menos nobres da praça).

Nestes termos o Abonado Fundador beneficiará de diversos benefícios exclusivos, nomeadamente, dois Bilhetes para cada um dos três espectáculos, para a zona da Sombra Baixa (Sectores 1 e 8) e dois Livres Trânsitos para acesso à Feira Nacional da Agricultura – Feira do Ribatejo.

Complementarmente, o Abonado Fundador pode intervir directamente na indigitação dos Triunfadores da Temporada na Monumental “Celestino Graça”, tendo direito a participar de forma gratuita na Cerimónia de Entrega de Prémios, para além de poder participar na visita a uma das ganadarias seleccionadas para os espectáculos.

A adesão ao estatuto de Abonado Fundador poderá ser efectuada até ao próximo dia 15 de Janeiro, através do e-mail geral@pracamaior.pt, mediante o pagamento de 200€, com IVA incluído, e quaisquer informações poderão ser obtidas através dos telefones 919.431.475, 917.955.558 ou 925.425.358.

Ludgero Mendes

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS