Morreu o padre João Monte e Freitas, pároco de Asseiceira, Tomar

O padre João Forjaz do Monte e Freitas morreu aos 79 anos, vítima de doença pulmonar, na passada quinta-feira, 3 de Outubro, na casa paroquial de Asseiceira, concelho de Tomar.

O corpo do presbítero da Diocese de Santarém, irá para a igreja paroquial de Asseiceira esta sexta-feira, pelas 15h00, onde será celebrada missa de corpo presente, pelas 19h30.

O funeral do pároco, presidido pelo Bispo de Santarém, será realizado no dia 5 de Outubro, na igreja paroquial de Asseiceira, com missa de corpo presente às 16h30, seguindo-se a sepultura no cemitério local, como era a sua vontade.

Num comunicado, a diocese refere que o Padre João foi um “homem de entrega total ao serviço da Igreja, generoso no serviço às comunidades e sempre disponível para ajudar os colegas”.

“Terminou a sua caminhada terrena serenamente após ter recebido a Santa Unção pelas mãos do Bispo diocesano”, concluiu a nota.

O Padre João Forjaz do Monte e Freitas nasceu no dia 7 de Março de 1940, na Lapa, Lisboa. É filho de Manuel Augusto Coelho Borges do Monte e Freitas e de Carolina da Silveira Lopes do Monte e Freitas.

Foi ordenado presbítero em 15 de Agosto de 1966, por D. Manuel Gonçalves Cerejeira, para o serviço da Diocese de Lisboa. Incardinou-se na Diocese de Santarém aquando da sua criação. O padre João foi nomeado a 20 de Janeiro de 1967 Secretário de D. António de Campos, Bispo Auxiliar de Lisboa e Vigário geral para Santarém, que veio viver para Santarém.

No dia 1 de Outubro de 1969, após o falecimento de D. António de Campos, foi para pároco de Chancelaria, Torres Novas. Em 26 de Setembro de 1979, foi pároco de Paialvo, Tomar. Em 11 de Outubro de 1983, foi pároco interino de Asseiceira, Tomar. Em 14 de Agosto de 1991, foi pároco e S. João da Ribeira, Azambujeira e Vila da Marmeleira. Em 31 de Agosto de 1993, acumula com as anteriores, a paroquialidade de Arrouquelas.

Em 18 de Setembro de 1998, é nomeado pároco “in solidum” de Rio Maior, acumulando com o serviço nas outras paróquias da Vigararia que lhe estavam confiadas.

Em 27 de Setembro de 1999, vai para pároco “in solidum” (moderador) da Paróquia da Sagrada Família do Entroncamento e dos Riachos, Torres Novas. A 16 de Setembro 2002, acumula a nomeação anterior com a de pároco “in solidum” de Ulme e Chouto, Chamusca.

Em 21 de Outubro de 2004, é nomeado assistente “in solidum” do Movimentos dos Cursos de Cristandade.

Em 06 de Setembro de 2005, é pároco de Asseiceira, Tomar até à sua morte.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS