Foi assinado no dia 29 de Junho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o aditamento ao Protocolo de criação dos Grupos de Intervenção Permanente, das corporações de Bombeiros de Alcoentre e Azambuja, celebrado entre a Câmara Municipal e as Associações Humanitárias. Este aditamento visa dotar as referidas associações de meios para enfrentar a época de incêndios que nos últimos anos tomou proporções devastadoras. Desta forma, o Município de Azambuja compromete-se a transferir para cada uma das Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Azambuja e de Alcoentre a verba anual de 122.220 euros, repartida em doze mensalidades, mais dois mil euros, que em 2017.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcoentre recebe ainda uma verba de apoio da Autoridade Nacional da Protecção Civil, dada a dimensão da área florestal do alto concelho. Assim, e para igualar as corporações, a Câmara Municipal de Azambuja irá compensar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Azambuja, com mais uma verba de 30 mil euros, repartida em doze mensalidades, para fazer face às suas dificuldades.

De referir que o aditamento ao protocolo foi aprovado em reunião de câmara, no passado dia 19 de Junho.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.