O Município de Coruche tem uma nova estratégia para desenvolver o sector do Turismo, através do aproveitamento dos seus recursos endógenos e valorização dos produtos regionais.

“Diferenciar Coruche” é o objectivo maior da nova estratégia para o turismo do concelho, que acaba de ser apresentada, e que pretende potenciar o crescimento sustentando do território até 2026.

Com o mote “Diferenciar Coruche” o plano traçado para o sector entre 2021-2026, pretende potenciar o crescimento sustentado do território.

Apresentado em sessão pública, quinta-feira, dia 09, o documento foi desenvolvido pelo município, em colaboração com o IPDT – Turismo e Consultoria.

As medidas previstas no plano resultam de um trabalho contínuo que, realizado com os agentes económicos ao longo dos últimos meses, tem como objectivo apresentar uma visão de desenvolvimento turístico sustentada em elementos fundamentais no ecossistema turístico pós-pandemia: um turismo mais positivo, mais sustentável, mais benéfico para o território e para as suas comunidades, indica nota publicada no site oficial do município.

Francisco Oliveira, presidente da Câmara Municipal, referiu, na ocasião, que a Estratégia Diferenciar Coruche “é um marco importante para o município, que irá estruturar o trabalho a desenvolver pelos sectores público e privado nos próximos cinco anos”, defendendo que “será a cooperação de todos, a visão inovadora e o espírito empreendedor que irão marcar a diferença e tornar o destino mais diferenciado e competitivo”.

Mais que uma estratégia para o concelho de Coruche, esta pode ser uma visão diferenciadora para o turismo de toda uma região, assim possa vir a ser colocada em prática por agentes públicos e privados, que com a alavanca da Entidade de Turismo regional, podem potenciar todo um concelho e uma região.

A Estratégia Diferenciar Coruche teve como ponto de partida a preparação do destino para os novos desafios pós-pandemia, de forma a potenciar os recursos existentes no território e assegurar que o destino se desenvolve de forma sustentável; estrutura e cria produto turístico; atrai investimento; comunica de forma consequente e envolve sempre a comunidade nos processos de decisão.

O documento estratégico propõe que o turismo contribua activamente para o desenvolvimento territorial, com impactos efectivos a nível económico, social, cultural e ambiental, como aumentar o volume de negócios das empresas locais; aumentar a oferta de emprego; fixar e atrair novos residentes; aumentar a notoriedade das tradições coruchenses; preservar os ambientes naturais do território, entre outros elementos identificados.

O Município pretende ainda que o sucesso do turismo seja medido pelo impacto positivo percebido pela comunidade local e pelos agentes turísticos, definindo, para o efeito, metas que focam o nível de satisfação e a opinião de residentes e empresários.

Diferenciar Coruche é um objectivo assumido pelo Município, que irá apostar em 12 activos estratégicos pelos quais o destino apresenta características diferenciadoras e competitivas no mercado, de forma a criar uma experiência exclusiva para todos os que visitam Coruche.

Para António Jorge Costa, presidente do IPDT, a estratégia de desenvolvimento turístico pensada para Coruche propõe uma abordagem diferenciada à forma de trabalhar o turismo e de avaliar os seus resultados. “A comunidade local assume, cada vez mais, um papel determinante na experiência turística, por isso é indispensável que o desenvolvimento de qualquer destino coloque os residentes e os empresários no centro da decisão. Medir o sucesso do turismo deve, também, ir mais além da tradicional análise dos resultados estatísticos (dormidas, estada média, proveitos…), deve contemplar outros elementos essenciais, como são exemplos a satisfação dos residentes, o contributo do turismo para a geração de emprego, para a preservação da natureza e da cultura, entre outros.”

Mónica Montenegro, responsável do IPDT pela elaboração do projecto, salientou “um território recheado de potencialidades turísticas, integrado num país e numa região, em que todas as actividades são diferenciadoras e que não se encontram em outro local de Portugal. “Diferenciar Coruche” é um processo que requer o envolvimento de todos – público e privado – para que, em conjunto, seja possível estruturar produto e comunica-lo, de forma segmentada, junto de públicos-alvo que possam acrescentar valor ao destino”.

A agência irá agora trabalhar em parceria com o município e os agentes locais, associações e entidades, com o objectivo de implementar uma série de processos, de modo a que a estratégia possa começar já a dar os seus frutos em 2022.

Leia também...

Rio Maior aposta em baloiço turístico nas Salinas Naturais

A Câmara Municipal de Rio Maior instalou um novo baloiço turístico nas…

VÍDEO | Turismo aumenta na Albufeira de Castelo do Bode em busca do “pedaço português de céu”

O turismo aumentou este ano na Albufeira de Castelo de Bode, entre…

Parque de Caravanismo de Santarém já tem fundos comunitários aprovados

O futuro Parque de Caravanismo de Santarém já tem os fundos comunitários…

Percurso pedestre de 50 km liga Rio Maior a Fátima

O Caminho dos Candeeiros (Caminhos de Fátima), é o primeiro passo de…