Município de Santarém adquire mais 14.000 luminárias para cobrir 93,2 % do concelho

A Autarquia de Santarém aprovou na reunião de Câmara de segunda-feira, 7 de Outubro, a compra de mais 14.000 luminárias para a segunda fase de um investimento superior a 2,6 milhões de euros, com comparticipação comunitária de 95%, que visa a eficiência energética na iluminação pública.

O município escalabitano afirma que a instalação de um total de cerca de 23.000 luminárias (9.000 já instaladas na primeira fase) cobre 93,2% da iluminação pública do concelho.

Esta operação da Câmara de Santarém começou em Setembro de 2018 com a substituição de 35% das luminárias do concelho por LED, sendo que em Janeiro de 2019 já estavam instaladas 78% das luminárias.

Com esta nova tecnologia estima-se uma poupança média de 66% do consumo, verificando-se poupanças superiores a 70%, numa fase de testes. Em valor absoluto, a poupança no consumo energético é superior a 250.000 €.

O objectivo é a melhoria da eficiência energética, melhoria da qualidade e níveis de iluminação associados ao actual parque de luminárias no concelho e consequentemente a redução da factura energética, com vista a apoiar a transição para uma economia com baixas emissões de carbono.

O projecto consiste numa intervenção nos sistemas de iluminação pública, com substituição de luminárias equipadas com lâmpadas de descarga (vapor de mercúrio e vapor de sódio de alta pressão) obsoletas e/ou com mais de 10 anos de vida útil, por luminárias de tecnologia LED, mais eficientes, de menor consumo energético, elevado rendimento e com índices de restituição cromática mais elevados.

Este projecto teve início em 2014 e envolve os 11 municípios da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo – CIMLT, num total de 42 mil luminárias substituídas nestes concelhos que representará uma poupança global de cerca de 1,2 milhões de euros por ano, num investimento total de cerca de sete milhões de euros comparticipados a 95 por cento.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS