Município de Santarém e IPSantarém assinam protocolo de formação em contexto de trabalho

No âmbito da 5ª Conferência de Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP) de 2ª Geração, que teve lugar esta quarta-feira, dia 17, entre as 14 e as 17h00, no Auditório da Escola Superior Agrária de Santarém (ESAS), o Município de Santarém e o Instituto Politécnico de Santarém (IPS) assinaram um protocolo de formação em contexto de trabalho, para a integração de dois alunos estagiários no Canil e Gatil Municipal.

Ricardo Rato, Vereador da Câmara Municipal de Santarém (CMS), e José Potes, Presidente do Instituto Politécnico de Santarém, assinaram o protocolo no âmbito dos cuidados veterinários, que vai permitir o estágio a dois alunos de cursos TeSP, adquirirem formação prática em contexto de trabalho, tendo em vista a “aquisição e o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para a qualificação profissional”.

A sessão de abertura contou com Inês Barroso, Vice-presidente da CMS, José Potes, Presidente do IPS, Isaura Morais, Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, e Pedro Dominguinhos, Presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos.

Inês Barroso falou da importância da expansão dos cursos TeSP em Santarém e em Rio Maior, por via do Instituto Politécnico de Santarém, que tem Escolas em ambos os concelhos. A Vice-presidente referiu que tem reunido com os empresários do Concelho e sentido que é preciso abrir o Politécnico ao Concelho para dar resposta à necessidade de mão de obra qualificada de quadros intermédios. Uma necessidade que também se reflete no mundo rural. Nesse sentido, Inês Barroso, congratula-se por haver já no IPS 25 cursos TeSP, mas apela para que seja aumentada a componente prática, como forma de evitar o abandono escolar.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS