Município de Santarém reduz dívida em mais 6,4 Milhões de euros

A Câmara Municipal de Santarém aprova o relatório de Gestão e Prestação de Contas referentes ao ano de 2018, na reunião de Executivo Municipal que se realizou durante a tarde de segunda-feira.

Segundo o relatório, a taxa de execução de 2018, situada nos 93,2%, releva-se como uma das mais elevadas do Município de Santarém, facto que demonstra um maior rigor na elaboração e na execução do orçamento.
O relatório aprovado, resume os dados económico financeiros mais relevantes do ano 2018, onde é de realçar a redução da dívida municipal em mais 6,4 Milhões de euros comparativamente a 2017.

PUBLICIDADE

O Município de Santarém fechou o ano de 2018 com a sua dívida a rondar os 34,1 Milhões de euros (excluindo os custos com o Fundo de Apoio Municipal e a antiga Escola Prática de Cavalaria), apresentando maior capacidade para solver os seus compromissos com os todos os fornecedores e consolidando condições para poder iniciar os investimentos estruturantes que o concelho necessita, apoiados pelo novo quadro comunitário, como é o caso da consolidação das encostas, os investimentos nas escolas e espaço público, a conservação de estradas, o mercado municipal, a reabilitação do Centro Histórico, entre outros.

Pela primeira vez, desde a entrada em vigor do Regime Financeiro das Autarquias Locais (2014), a Autarquia cumpre com o limite da dívida total (valor este que tem obrigatoriamente que ser inferior 1,5 vezes a média da receita corrente liquida cobrada nos 3 exercícios anteriores), apresentando uma margem de 834 mil euros.

O ano de 2018 fica ainda marcado pelo melhor resultado líquido alguma vez apresentado pela Autarquia: 6 milhões de euros.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS