NERSANT e Agrocluster alertam para perigos da espionagem económica

A segurança económica constitui, actualmente, um dos pilares centrais da segurança dos Estados modernos e desenvolvidos. O crescente número de casos de espionagem económica ocorridos recentemente levou o SIS – Serviço de Informações de Segurança a promover um programa de sensibilização que pretende alertar entidades e empresas em Portugal para as ameaças de espionagem, sensibilizando-as para a importância da protecção do conhecimento. O programa vai estar no Ribatejo nos dias 24 e 25 de Outubro.

A NERSANT e Agrocluster vai receber na região, nos dias 24 e 25 de Outubro, o Programa de Protecção do Conhecimento SIS, através do qual as organizações portuguesas são desafiadas a reflectir sobre a importância de proteger o conhecimento e a informação sensível, num mundo concorrencial e simultaneamente aberto às parcerias e às oportunidades da globalização.

Contextualizar a realidade nacional relativamente às questões da segurança e da espionagem, identificar actores e métodos de actuação da espionagem económica, partilhar casos concretos e recentes que visaram entidades nacionais, e identificar um conjunto de sugestões que permitam reforçar os níveis de segurança, são alguns dos objectivos das sessões de esclarecimento, que se realizam dia 24, em Torres Novas e dia 25, em Santarém, das 15h00 às 16h30.

Para além da exposição do fenómeno da espionagem e da comunicação de alguns conselhos de segurança, os seminários darão ainda a conhecer alguns casos práticos, com possibilidade de debate e esclarecimento de dúvidas por parte da plateia.

As sessões são de presença gratuita para todos os interessados, mas carecem de inscrição obrigatória no portal da NERSANT, em www.nersant.pt. O Departamento de Associativismo, Marketing e Eventos está também disponível para esclarecimentos adicionais sobre as sessões, através dos contactos dame@nersant.ptou 249 839 500.

info, ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS