Paulo Maia Pereira nasceu em Almeirim, em 1963, filho de um estimado casal de professores que adoptou Almeirim como sua residência há 62 anos.

Terminou o Curso de Infantaria da Academia Militar em 1986 e foi promovido ao actual posto em 23 de Dezembro de 2019.

O Major-General Maia Pereira frequentou os cursos de formação profissional militar de Capitão, Curso de Oficial Superior, Curso de Estado-Maior do Exército Português e Curso de Estado-Maior do Exército Alemão. Frequentou ainda cursos de especialização: Operações Irregulares, NBC, Coordenação de Apoio ao Fogo de Artilharia, Míssil TOW, Instrutor de Veículos M113 e Contra Vigilância.

Ao longo da sua carreira, desempenho as seguintes funções:

De comando, no Batalhão de Infantaria Mecanizado da 1ª Brigada mista independente/Brigada mecanizada Independente, como comandante de um pelotão e de Companhia; na Academia Militar, como comandante de uma companhia de Alunos e Chefe do Grupo Coordenador do ensino e Instrução; na Zona Militar, como comandante do Corpo de alunos e de Chefe do departamento de Formação Profissional

Prestou serviço em diversas Unidades e desempenhou funções como chefe da Divisão de Planeamento Estratégico Militar (DIPLAEM) do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) e no Quartel-General do Comando Supremo das Forças Aliadas na Europa (SHAPE), bem como em Estados-Maiores nacionais e internacionais a diferentes níveis.

Para além das funções de comando e de Estado-maior, exerceu ainda funções de docência na Academia Militar, como professor de Tática de Infantaria; no Instituto dos Altos Estudos Militares, como professor de Estratégia e Geopolítica; no Instituto Superior de Ensino Militar, em Angola, como assessor temporário no projecto de Cooperação Técnica-militar, e no Centro de Análise Estratégica da CPLP, em Moçambique, como assessor técnico.

Da sua experiência profissional, faz parte ainda a participação na missa da Força da NATO no Kosovo (FFOR), como comandante do 2º Batalhão Mecanizada, Comandante da Reserva Tática do Comando das Forças da Nato no Kosovo, e mais recentemente, na missão Integrada de Segurança das nações Unidas para a República Centro Africana (MINUSCA), como 2º Comandante da Força Militar da ONU para a Republica Centro-africana.

Em Maio do corrente ano, foi nomeado Director de Formação do Exército, função que desempenha na actualidade.

Da sua folha de serviços constam vários louvores e condecorações.

Ao atribuir a Medalha de Honra do Concelho ao Major-General Paulo Maia Pereira, o Município de Almeirim, reconhece que ao longo da sua vida foi sempre um cidadão preocupado com o próximo nos cargos profissionais que exerceu.

O regulamento Municipal em vigor no Município de Almeirim, indica que “…é um acto de Justiça prestigiar as personalidades (…) que de algum modo sejam dignas de ser apontadas como exemplo de dedicação”.

A atribuição da Medalha de Honra do Concelho de Almeirim, pretende galardoar as pessoas singulares que tenham prestado ao Concelho serviços de excepcional relevância.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.