O Vitória Clube de Santarém organizou, no passado fim-de-semana de 10 e 11 de junho, a primeira edição de sempre do Vitória Futsal Cup Masters especialmente dedicada à vertente feminina, numa inovação de sucesso que reforçou o estatuto do evento como maior torneio de futsal de formação do país.

Durante dois dias, foram centenas de praticantes a desfilar pelos dois pavilhões municipais de Santarém, numa iniciativa que floresceu do assumido espírito de missão do emblema vitoriano em promover o crescimento do futsal feminino em Portugal, responsabilidade reforçada pelo seu estatuto de Entidade Formadora Certificada com 4 Estrelas pela Federação Portuguesa de Futebol.

E, na realidade, esta experiência-piloto proporcionou um importante ponto de encontro para a partilha de vivências e de culturas futsalísticas, que tanto vem escasseando nesta vertente, permitindo às jovens participantes desfrutar da prática do futsal e estimular a sua competitividade junto de muitas caras novas.

Nesta primeira parte do evento, aos escalões femininos de iniciadas, juvenis, juniores e seniores juntaram-se ainda as categorias mistas de petizes e traquinas, com os craques de palmo e meio a acrescentarem um colorido ainda maior a uma autêntica festa do futsal cujo volume de público nas bancadas permaneceu sempre condizente com a magnitude do espectáculo.

No total, o primeiro Masters em dose dupla, que, a julgar por esta primeira amostra, promete bater todos os recordes das edições anteriores, movimentará cerca de 1000 atletas e 200 técnicos, correspondentes a 11 escalões etários, em representação de 62 equipas provenientes de 17 distritos de Portugal Continental, Madeira e Açores, disputando-se um total de 103 jogos e firmando-se, mais uma vez, em Santarém, inúmeras novas amizades entre praticantes de todos os pontos do País.

Membros da Comissão de Honra também abrilhantaram a festa

Como sempre, o clube escalabitano voltou a ter, para esta edição, uma Comissão de Honra composta por individualidades e instituições de indiscutível mérito, com reconhecidos préstimos em prol do desporto de Santarém e de Portugal, e que constituem uma referência para as largas centenas de jovens participantes.

Neste particular, destacam-se, por exemplo, os nomes de João Paulo Correia, secretário de Estado da Juventude e do Desporto, ou de Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, com Jorge Braz (campeão do Mundo e bicampeão da Europa) e diversas craques da Selecção Nacional “A” Feminina, como Fifó, Janice, Raquel Santos e Ana Catarina, a serem, no plano desportivo, os grandes patronos, esperando-se que possam marcar presença no segundo fim-de-semana de prova.

No Masters feminino, acorreram à Nave Municipal de Santarém para desfrutar das partidas os directores da FPF Rui Manhoso e Pedro Dias, uma das personalidades mais influentes do futsal português, bem como a deputada Inês Barroso, o presidente da Câmara Municipal de Santarém, Ricardo Gonçalves, o administrador da empresa municipal Viver Santarém, Carlos Coutinho, Marcelo Mendes, em representação da União de Freguesias da Cidade de Santarém, e o presidente da Associação de Futebol de Santarém, Francisco Jerónimo. Para o fim-de-semana dedicado ao futsal masculino, aguarda-se ainda a presença de Pedro Catita, comentador e apaixonado da modalidade, que, ao que tudo indica, poderá mesmo participar nas transmissões em directo que acompanham todo o evento.

Meninas vitorianas estiveram em destaque

No plano desportivo, nota para a muita qualidade que, em termos gerais, se perfilou pelas quadras, numa demonstração cabal da evolução de uma vertente que vem constantemente aplicando goleadas copiosas às mentalidades arcaicas que apregoam que este é um desporto apenas destinado a homens.

Realce-se, neste particular, a escola de formação do emblema anfitrião, o Vitória Clube de Santarém, que, com um contingente feminino já de cerca de 60 atletas, se destacou pela excelência das suas prestações, atingindo três das quatro finais em disputa.

Aquele que detém, há já vários anos, o estatuto de 2.º maior clube de Portugal em número de atletas de futsal federados começou por vencer, no sábado, a competição do escalão de juvenis, batendo na final o GDAT Barroca d’Alva (AF Setúbal), soçobrando depois, porém, nas um desfecho que levou ao delírio a vasta falange de adeptos que seguia as emoções in loco e, em directo, a partir das redes sociais do clube.

Já no dia seguinte, naquela que foi a derradeira partida deste primeiro acto do evento, perante uma bancada repleta para desfrutar de futsal no feminino, o Vitória Clube de Santarém, apesar de ter segurado o 0-0 que se registou no final do tempo regulamentar, não conseguiu ser mais feliz do que o seu opositor no desempate a partir da marca da grande penalidade.

Aí, o desperdício da histórica capitã Conxi e a pontaria certeira de todas as “leoas” chamadas a cobrar ditaram que o Sporting se tornasse o primeiro vencedor da história do Vitória Futsal Cup Masters no escalão sénior feminino.

O país do futsal volta a celebrar já amanhã

Agora, a 17 e 18 de Junho, chega a vez de os escalões de benjamins, infantis, iniciados, juvenis e juniores masculinos dizerem presente no maior e mais abrangente torneio de futsal de formação do país, no qual se cruzam, em 2023, representantes de Algarve, Aveiro, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Vila Real, Viseu, Madeira e Açores.

Um evento colossal que brota do dinamismo e da reconhecida capacidade de organização do Vitória Clube de Santarém, voltando a ser erguido pela competência e dedicação de um staff composto por quase uma centena de elementos, sempre disponível para emprestar inúmeras horas de trabalho, sacrifício e paixão clubística em prol de um bem maior: o crescimento do futsal e o fomento da prática desportiva. E, assim, Santarém volta a ser, mais uma vez, a capital nacional do futsal de formação!

Eis os vencedores do 1.º acto do Vitória Futsal Cup Masters 2023:

Petizes: 1.º, Norte e Soure (AF Coimbra).

Traquinas: 1.º, CRI Sobredense (AF Setúbal).

Iniciados Femininos: 1.º, Futsal Feijó (AF Setúbal); 2.º, Vitória C. Santarém; 3.º, Atlético CP (AF Lisboa). Melhor marcadora: Cláudia Simões (SC Ferreira do Zêzere). Melhor guarda-redes: Carolina Duarte (Futsal Feijó).

Juvenis Femininos: 1.º, Vitória C. Santarém; GDAT Barroca d’Alva (AF Setúbal); CDR Os Vinhais (AF Lisboa). Melhor marcadora: Salomé Carvalho (Vitória C. Santarém). Melhor guarda-redes: Bárbara Luís (Vitória C. Santarém).

Juniores Femininos: 1.º, CR Golpilheira (AF Leiria); 2.º, Matosinhos Futsal (AF Porto); 3.º, Vitória C. Santarém. Melhor marcadora: Maria Machado (Vitória C. Santarém). Melhor guarda-redes: Cassandra Gonçalves (CR Golpilheira).

Seniores Femininos: 1.º, Sporting CP (AF Lisboa); 2.º, Vitória C. Santarém; 3.º, GD Valverde (AF Castelo Branco). Melhor marcadora: Inês Santos (Dragões Futsal). Melhor guarda-redes: Joana Limeiro (Vitória C. Santarém).

Prémio Fair-play/Plano Nacional de Ética no Desporto: Neno (a título póstumo).

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

O amargo Verão dos nossos amigos de quatro patas

Com a chegada do Verão, os corações humanos aquecem com a promessa…