Prisão preventiva para autores de roubo a casa de câmbio em Santarém

O Ministério Público de Santarém aplicou a medida de coacção de prisão preventiva a dois homens, um nacionalidade brasileira e outro com dupla nacionalidade guineense e caboverdiana, pela prática de crimes de roubo agravado, sequestro e posse de arma proibida. Um dos roubos ocorreu no passado dia 10 de Março, numa casa de câmbio, em Santaré,.

Segundo um comunicado da Procuradoria da Comarca de Santarém, um dos suspeitos foi detido “em flagrante delito e o segundo na sequência de mandado emitido pela Polícia Judiciária”, estando os mesmos “fortemente indiciados, em co-autoria material e concurso real da prática de crimes de roubo agravado, sequestro e posse de arma proibida.”

Um dos crimes de roubo ocorreu no dia 10, em Santarém, numa casa de câmbio localizada próxima ao centro comercial, enquanto o outro tinha tido lugar em Torres Vedras, no passado dia 11 de Janeiro.

PUBLICIDADE

“Os arguidos confessaram a prática dos crimes e, pese embora se encontrem, segundo as suas declarações, inseridos social, laboral e um deles familiarmente, o Ministério Público considerou verificados todos os perigos previstos no artigo 204.º do CPP e promoveu a aplicação da medida de coação prisão preventiva, a qual acabou por ser decretada em conformidade”, refere a mesma nota.

A investigação prosseguirá a cargo da Polícia Judiciária, estando o inquérito distribuído à 2.ª secção do DIAP de Santarém.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS