Prisão preventiva para jovem que queimou namorada com óleo a ferver

Um jovem de 21 anos de idade foi detido pela GNR, em Alcanena, no dia 16 de Outubro, e vai aguardar julgamento em prisão preventiva pelo crime de violência doméstica contra a namorada de 20 anos.

A GNR de Torres Novas foi chamada a um estabelecimento de saúde onde estavam a decorrer desacatos. À chegada, os militares “verificaram um comportamento desadequado por parte do suspeito, para com a sua namorada, com 20 anos”, refere um comunicado do Comando da GNR de Santarém.

Os militares apuraram, com a recolha de testemunhos, que “o agressor queimou a namorada com óleo a ferver, deixando-lhe queimaduras graves, sendo esse o motivo pelo qual se encontravam naquele estabelecimento de saúde”, adianta a mesma fonte.

O agressor foi de imediato detido pelos militares e presente no mesmo dia no Tribunal Judicial de Santarém. O tribunal aplicou a medida de coação de prisão preventiva aos suspeito e este foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Leiria.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS