Foto de arquivo

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) proibiu hoje a realização de queimas e queimadas a partir das 00h00 de domingo e até terça-feira, alertando para a manutenção do perigo de incêndio.

Num comunicado, a ANEPC refere que o Centro de Coordenação Operacional Nacional, em reunião extraordinária realizada hoje, “deliberou a suspensão de todos os pedidos de autorização para realização de queimas e queimadas” entre as 00:00 de domingo, dia 30, e as 23:59 de terça-feira, 01 de Fevereiro.

A ANEPC justifica a decisão com a previsão, por parte do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, do “aumento da intensidade do vento que, em combinação com a continuação de tempo quente e seco, com temperaturas acima da média para esta época do ano, conjugado com o número de comunicações para a realização de queimas de amontoados e queimadas, podem dar origem a incêndios rurais”.

Segundo a ANEPC, os efeitos expectáveis passam pelo “aumento da dificuldade das acções de supressão aos incêndios rurais em consequência do aumento da intensidade do vento e da baixa humidade relativa do ar”.

Na sexta-feira, a ANEPC registou no território continental 132 ocorrências relativas a incêndios rurais.

Hoje, até as 16:30, a Autoridade Nacional contabilizou 174, disse à Lusa o oficial de operações do Comando Nacional.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…