CRÓNICA | Qualidade do União de Almeirim imperou na Capital da Cortiça

Coruchense x União de Almeirim | 5ª jornada do Campeonato Distrital da 1ª divisão da AF Santarém.

Jogo entre líderes em Coruche acabou com a vitória da equipa por uns esclarecedores 1-3, um resultado justo perante aquilo que a equipa do União de Almeirim apresentou em grande parte do jogo.

A primeira parte do jogo começou com um domínio claro da equipa visitante, que aos três minutos de jogo teve a primeira oportunidade de rematar à baliza através de um livre batido por Luís. O domínio do União de Almeirim no minutos iniciais levou a Letras, do Coruchense, levasse o primeiro amarelo do jogo por falta sobre Palhoto.

Aos 12 minutos da primeira parte, um grande passe do defesa central Bernas isolou Filipe Pereira no limite da área adversária, que num remate certeiro de primeira ao canto superior esquerdo fez o primeiro golo da partida.

Aos 15 minutos da primeira parte e na reacção ao golo sofrido, o Coruchense carregou e conseguiu chegar à baliza adversária. Joel com um remate potente de fora da área obrigou Bernardo a um grande defesa. Facto que se repetiu aos 20 minutos com Letras a igualar o colega de equipa e obrigar a outra grande intervenção de Bernardo.

Quatro minutos depois surge o segundo golo para os visitantes. Conduto aproveitou uma autêntica desmarcação do guarda-redes do Coruchense para colocar a bola no fundo das redes.

Aos 33 minutos, foi a vez de Guerra se aplicar na baliza do Coruchense. Um remate potente de João Gabriel obrigou o guarda-redes da casa a esticar-se e a tirar a bola do ângulo, numa altura em que o Coruchense até estava a dominar a partida.

O União de Almeirim ia dominando a partida no meio campo e aos 39 minutos quase chega ao terceiro golo através de Igor, que rematou na passada e por pouco não marcou.

Aos 42 minutos o Coruchense ficou perto do golo através de Diogo Conceição que cabeceou ao lado.

Resultado justo na primeira parte para o União de Almeirim que aproveitou bem as oportunidades de golos concedidas. Igor, União de Almeirim, o mais rematador do jogo e Joel, Coruchense, o mais inconformado.

A segunda parte da partida trouxe um Coruchense diferente, mais lutador e com mais sentido de baliza.

Aos 55 minutos, Joel consegue ganhar uma falta na grande área e o árbitro assinalou de imediato para a marca de grande penaldiade. Na conversão do pontapé de penalti, Serginho com uma ‘paradinha’ enganou Bernardo e reduziu para 1-2.

O Coruchense reinventou-se após o golo e foi à procura de mais levando o Almeirim por momentos às cordas. Aos 65 minutos Ganso, do Coruchense, obrigou mesmo Bernardo a esforçar-se a tirar a bola para a linha de fundo.

Pouco tempo depois surge o último golo da partida. Bernas colocou a bola no fundo das redes após um livre que causou alguma confusão na área do Coruchense.

A partir do 1-3, o Almeirim foi controlando o jogo, sendo que nos últimos minutos o jogo ficou mais pesado com várias alterações de parte a parte.

No último lance do jogo, o Coruchense quase chegava ao 2-3 por intermédio de Yoruba Pinto, que cabeceou perto do poste e obrigou Bernardo a aplicar-se.

O final do jogo entre as duas equipas ficou marcado por confrontos e algumas agressões entre jogadores no relvado. A picardia não se ficou só pelo relvado, nas bancadas alguns adeptos da equipa da casa envolveram-se numa acesa discussão que terminou com agressões.

O resultado do jogo ajusta-se perante a qualidade apresentada pelo plantel do União de Almeirim, que após vencer por 3-0 o Cartaxo foi a Coruche dizer que está na competição para vencer.

Ficha do Jogo
Resultado ao intervalo: 0-2

Resultado final: 1-3

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS