Tiago Soares Lopes é o rosto mais visível do Fitness Factory em Santarém. Sete meses depois da abertura, em Agosto do ano passado, o ginásio foi obrigado a fechar devido à pandemia. Hoje, procura adaptar-se ao “novo normal” e é um dos principais ‘sponsers’ da decoração e animação do Centro Histórico de Santarém, isto porque “ajudar o comércio local é tornar a cidade mais convidativa para viver”.

Que procedimentos têm sido adoptados por parte do Fitness Factory em Santarém para contornar os constrangimentos relacionados com esta pandemia que assola o mundo inteiro e trouxe tantas incertezas e inseguranças?
Logo em Março quando tivemos que fechar, dinamizamos a nossa aplicação e plataforma de aulas e treinos virtuais VEO e iniciamos um conjunto de desafios, aulas, nutrição on-line. Em Junho, quando reabrimos, além de continuarmos com a oferta do online restruturamos o nosso clube, garantindo distanciamento entre equipamentos e estações de treino a 3 metros e um mapa de aulas no exterior, para além de todas as regras de higienização e desinfeção emanadas pela DGS. Além disso, temos o período de treino diário individual, para melhor controlo caso haja necessidade de accionar o plano de contingência.

Quais são os principais objectivos para o futuro do ginásio?
Recordo que o ginásio abriu em agosto de 2019 e 7 meses depois tivemos que encerrar. O Fitness Factory chega a Santarém com a missão de proporcionar aos escalabitanos o acesso ao exercício físico com facilidade, simples e bem estruturado. A pandemia em nada vem alterar os nossos objectivos e missão que é de contribuir para uma população mais saudável, logo com melhor qualidade de vida. Contudo vem reforçar a importância da prática de actividade física e correcta nutrição no combate a doenças e no reforço da imunidade. Esperamos que em 2021 possamos contribuir para que no projecto de saúde da população esteja incluído o exercício.

PUBLICIDADE

A marca Fitness Factory é, sem dúvida, um projecto diferenciado. Como tem sido o acolhimento deste conceito em Santarém?
Esta marca já está implantada em 20 locais a nível nacional, e nenhum em grande urbe. Só isso já revela a aceitação a nível nacional. Em Santarém não foi diferente. Aliás, foi um produto muito bem conseguido e aceite, e com os objectivos estabelecidos superados. Sabemos que a pandemia veio acalmar e abrandar a velocidade do negócio, mas acreditamos que tudo isto é passageiro e que no final do próximo ano já estaremos quase recuperados deste “percalço”.

O que torna este ginásio diferente dos outros? Quais as ofertas principais?
Sendo da área e conhecendo o mercado do fitness da cidade, sabia o que era preciso trazer para Santarém de diferenciador. Costumo responder a essa questão da seguinte maneira: open space com luz natural, equipamentos topo de gama, estacionamento exclusivo e preço acessível. Estamos a falar de 0,66€ por dia. Seguimos a máxima de High Value, Low price (alto valor a baixo preço), e aqui o cliente pode ter à sua disposição grande qualidade a preço reduzido.

Na sua opinião, porque é que as pessoas abandonam a actividade física nos ginásios? E como se fomenta, a assiduidade do treino?
Bem, na realidade se houver quem souber essas respostas, saberá também como resolver o problema da retenção de sócios. Sabemos que este mercado assenta na relação de pessoas para pessoas e que é um mercado de experiências, por isso temos de jogar com estes conhecimentos e sermos mais pessoas no sentido humano a proporcionar momentos agradáveis aos nossos sócios. Quanto maior for a diversidade de experiências que vá ao encontro dos objectivos dos nossos sócios, mais divertido e estimulante será a vinda ao clube. Parece simples de tão humano que é!

Que acções realiza o Fitness Factory em Santarém para fidelizar os seus clientes?
Gostamos muito de envolver os nossos sócios em actividades do clube. O ano passado por exemplo, pedimos que decorassem a nossa árvore de natal. Já este ano, nas comemorações do 1º aniversário houve actividades durante 1 mês com desafios, acções solidárias, workshops e showcooking. Premiamos quem participa nas nossas actividades tornando a experiência compensatória.

Qual é a sua visão sobre a actualidade da indústria do fitness?
Esta indústria tem características muito peculiares. Tem uma resiliência muito própria. Tem conseguido adaptar-se e transformar-se nos últimos anos acompanhando as tendências da sociedade. Nesta última década, o fitness assumiu um ponto de viragem entre aquilo que era considerado um mercado de “estética” para um mercado de saúde! Cada vez mais somos procurados por questões de saúde desde as doenças metabólicas como a diabetes, hipertensão, obesidade e as doenças músculo-esqueléticas como as lombalgias, hérnias, correções posturais entre outras. Felizmente a comunidade médica está mais atenta para os benefícios do exercício. O exercício actualmente é visto como um coadjuvante terapêutico e isso é um marco importantíssimo. A formação dos profissionais do exercício também é cada vez mais rigorosa e com um enfoque muito grande nas questões de saúde e do exercício clínico.

O Fitness Factory é um dos principais ‘sponsers’ da decoração e animação do Centro Histórico de Santarém. Porque razão decidiu apoiar o comércio de proximidade?
Ajudar o comércio local é tornar a cidade mais convidativa para viver, atraindo nova população e dinamizando uma cidade que vulgarmente é conotada como deserta. Queremos ser parte integrante da solução de uma população mais saudável, mais activa e elevar os índices da qualidade de vida em Santarém. Neste Natal em particular, em que a saúde é tema, vincamos a nossa posição em que somos um sector fundamental para a saúde.

PUBLICIDADE
Leia também...

Árbitro ribatejano apita jogo entre Estrela da Amadora e SL Benfica

João Bento, árbitro da Associação de Futebol de Santarém, vai apitar o…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…

Jogador do Alverca caiu inanimado no jogo contra o U. Almeirim

O jogador do Alverca Alex Apolinário caiu hoje inanimado durante o jogo…

Morreu jogador do Alverca Alex Apolinário

 O futebolista brasileiro Alex Apolinário, do Alverca, morreu esta quinta-feira, 7 de…