Rui Falcão de Campos apresenta “O Rapaz que sorria aos Toiros” em Almeirim

O escritor escalabitano Rui Falcão de Campos e a ilustradora Clara de Brito apresentam, na tarde de sábado, 11 de Janeiro, em Almeirim, o livro “O Rapaz que sorria aos Toiros – uma novela ribatejana”, um livro sobre “as raízes” do autor da obra que pretende que o mesmo transmita aos seus leitores “imagens de conforto”.

A apresentação está marcada para as 16h30, na Biblioteca Municipal Marquesa de Cadaval, em Almeirim.

O livro retrata uma novela, cuja acção se situa no Ribatejo de 1971, onde se entrecruzam em planos sobrepostos uma multiplicidade de histórias de amor, enquanto se captam as tensões sociais de uma região e de um país em plena evolução da matriz agrária no sentido da industrialização e da concentração urbana – Lisboa e os seus subúrbios parece que engolem os homens que sobejam da guerra em África e da emigração.

PUBLICIDADE

O autor, Rui Falcão de Campos, nasceu em Santarém, em 1960. Desde muito novo mostrou inclinação para a escrita. Anteriormente, escreveu a colectânea de poesia “A Morte do Samurai”, publicada em 2018. Em 2017 publicou “Tra Gioia e Paura”. Tem também vasta obra publicada como libretista e letrista.

“O Rapaz que Sorri aos Toiros – uma novela ribatejana” é o seu primeiro livro de ficção. Para o final do ano está anunciada uma sequela, na forma de romance histórico, passado entre os anos de 1833-1971, intitulado “Os Crimes do Maioral”.

A autora das ilustrações de “O Rapaz que sorria aos Toiros”, Clara Silva de Brito explica que o projecto de ilustração do livro foi pensado para se associar ao texto, representando as imagens os momentos mais fortes de cada capítulo.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS