No âmbito da transferência de competências para os órgãos municipais e para as entidades intermunicipais pelo Decreto de Lei n.º 55/2020, de 12 de Agosto, para efeitos de Rendimento Social de Inserção (RSI) o Município de Santarém assinou protocolos com cinco entidade na sexta-feira, 1 de Julho, pelas 15h30 no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, congratulou o trabalho desenvolvido pelas equipas das cinco entidades, lembrando a sua importância na resolução dos problemas socias no Concelho. O Presidente referiu ser uma mais valia, o Modelo de Atendimento e Acompanhamento Social Integrado do Município de Santarém, visto que existe conhecimento adquirido na experiência da relação estabelecida destas Entidades com os Munícipes/beneficiários, bem como o conhecimento detalhado dos territórios. Contudo, houve a necessidade de uniformizar o funcionamento e promover a interligação das equipas de RSI e do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS).


Os protocolos assinados com a Associação de Desenvolvimento Social e Comunitário de Santarém, o Centro Social Interparoquial de Santarém, a Santa Casa da Misericórdia de Santarém, a Cruz Vermelha Portuguesa – Centro Humanitário Santarém/ Cartaxo e a Santa Casa da Misericórdia de Pernes pressupõe a transferência mensal de verbas para as Entidades, relativamente aos encargos de funcionamento e ao quadro de pessoal afecto aos serviços.

Esta transferência enquadra-se numa estratégia global de descentralização por parte do Administração Central, assumindo que as autarquias locais são uma estrutura fundamental para a gestão se serviços públicos numa dimensão de proximidade.

O Município passa a assumir um Modelo de Atendimento e Acompanhamento Social Integrado de Santarém (MAASIS), que pretende uniformizar o funcionamento e promover a interligação das equipas protocoladas com o Município, a fim de assegurar o eficaz e eficiente apoio e acompanhamento ao(à)s munícipes/ beneficiário(a)s no sentido da sua autonomia de vida. O MASSIS prevê ainda a protecção do(a)s munícipes/ beneficiário(a)s que se encontrem numa situação de vulnerabilidade social e económica grave.

Os horários e locais de atendimento das equipas mantêm-se, e o requerimento do RSI continua a ser feito junto dos serviços do Centro Distrital de Santarém, ISS.IP.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.