Santarém volta a ser o terceiro distrito com mais autarquias Familiarmente Responsáveis

Santarém volta a estar no pódio dos distritos com maior número de municípios distinguidos com a bandeira verde do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), por adoptarem políticas efectivas de apoio às famílias. Ao todo são oito os municípios da região agraciados com a bandeira verde do OAFR.

Coruche, Abrantes, Mação, Santarém, Sardoal, Tomar e Torres Novas são as sete autarquias que recebem bandeira verde com palma, um galardão especial por receberem o prémio por três ou mais anos consecutivos. O município de Alcanena foi distinguido pela primeira vez este ano.

O OAFR revelou que na edição deste ano 141 autarquias participaram no inquérito do organismo, tendo sido distinguidas 76 nesta 11.ª edição da iniciativa, ou seja, 25% da totalidade dos municípios portugueses (que ascendem a 308).

Os distritos com maior número de autarquias distinguidas foram os distritos de Coimbra, com 12, seguido de Lisboa e Santarém, ambos com oito.

Segundo o OAFR, a edição deste ano cresceu 9% ao nível do número de participantes, passando de 130 para 141, assim como houve um aumento do número de municípios distinguidos, que evoluiu de 70 para 76.

O OAFR foi criado em 2008 pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas e tem como principais objectivos “acompanhar, galardoar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de responsabilidade familiar para as famílias em geral”.

O inquérito do Observatório avalia iniciativas dos municípios em 10 áreas, entre as quais o apoio prestado à maternidade e paternidade, o apoio às famílias com necessidades especiais, medidas de conciliação entre trabalho e família, serviços básicos, educação, habitação, transportes, saúde, cultura, desporto e tempo livre e participação social.

Entre as medidas valorizadas estão os apoios ao nascimento, pagamento de creches e jardim-de-infância, comparticipação de consultas de oftalmologia e apoio à aquisição de óculos, bancos de medicamentos e comparticipação de medicamentos, oferta de vacinação fora do Plano Nacional de Vacinação, cantinas sociais e cantinas escolares abertas durante os períodos de pausas escolares, e transportes escolares gratuitos até ao 12º ano.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS