A Câmara do Sardoal promove ao longo do mês várias actividades para celebrar os 50 anos do 25 de Abril, com cinema, exposições, concertos, palestras, além das cerimónias oficiais, anunciou o município.

O programa de comemorações do 25 de Abril em Sardoal, inicia-se com o ciclo de cinema “50 anos de Abril”, com a exibição de três filmes no Centro Cultural Gil Vicente: “Cravos de Abril”, “Paredes Pintadas” e “O Medo à Espreita”.

Com início às 21:30 e dirigidos a toda a população, “Cravos de Abril”, o primeiro filme a ser exibido, “retrata, em forma documental, a história e a cronologia da Revolução dos Cravos (de 25 de Abril de 1974 a 01 de Maio de 1974) e o golpe de Estado Militar” levado a cabo na madrugada do dia 25 de abril, conduzido pelo Movimento das Forças Armadas (MFA), “que depôs o regime vigente de ditadura do Estado Novo e teve a adesão em massa da população”.

A sessão contínua exibe de seguida ‘Paredes Pintadas’, filme que “mostra como as paredes e muros da cidade de Lisboa tornaram-se meio para celebrar e transmitir os ideais e palavras de ordem revolucionários” e fecha com ‘O Medo à Espreita’, que “mostra como em Portugal, ao longo de quase meio século, a PIDE/DGS foi a máquina atemorizadora que alimentou o poder do Estado Novo” e “constrói uma memória do medo e de um país onde viver era viver vigiado”.

O programa comemorativo continua dia 12 de abril, no Centro Cultural, com uma sessão dedicada a uma ‘Perspetiva Histórica sobre o 25 de Abril’, dinamizada pelo Núcleo de Abrantes da Liga dos Combatentes.

A exposição “50 anos do 25 de Abril – Abril é mais futuro” abre ao público em 20 de abril, num momento que inclui a sessão “Conversas sobre Abril com um ex-preso político”, igualmente no Centro Cultural.

A Biblioteca Municipal, por sua vez, junta-se ao evento no dia 22 de abril, com a abertura da exposição “Emigração, Exílio e Canção de Protesto”, com o Agrupamento de Escolas de Sardoal a levar ao Centro Cultural, no dia 24, a exposição “Interpretar Abril”, seguida do sarau cultural “Abril depois de Abril”.

No dia das cerimónias oficiais, e em que a Revolução dos Cravos celebra 50 anos, as bandeiras serão hasteadas às 09:00, nos Paços do Concelho, e decorrerão diversas atividades desportivas, como a Corrida da Liberdade, um ‘peddy-paper’ e um torneio interconcelhio de escolinhas de futebol, com a Assembleia Municipal extraordinária dedicada aos 50 anos de Abril a ter início às 15:30, no Centro Cultural.

O programa comemorativo continua em 04 de maio, com Fernando Tordo a levar ao Centro Cultural o concerto “50 anos de Abril, parabéns a nós”, com as celebrações a encerrarem no dia 31 de outubro, com uma palestra e uma exposição, na Biblioteca Municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

O amargo Verão dos nossos amigos de quatro patas

Com a chegada do Verão, os corações humanos aquecem com a promessa…