A classificação da ‘Sopa da Pedra de Almeirim’ como Especialidade Tradicional Garantida (ETG) foi publicada no Jornal Oficial da União Europeia (UE).

O produto resulta, segundo a publicação, de “um modo de produção, transformação ou composição que corresponde a uma prática tradicional para esse produto ou género alimentício”, confecionado em Almeirim.

A origem do nome da sopa deve-se, oficialmente, “às suas características físicas, uma vez que se trata de um caldo grosso, castanho-avermelhado e com muitos ingredientes, alguém o comparou às pedras que formam o piso de muitas estradas que, ainda hoje, existem na zona histórica de Almeirim”.

No entanto, a sopa da pedra está também ligada à lenda de um monge que mendigou ingredientes para acrescentar a uma pedra com a qual dizia pretender fazer sopa.

Os ingredientes da ‘Sopa da Pedra de Almeirim’ são feijão catarino, batata, chispe e/ou faceira de porco, toucinho, chouriço, morcela e farinheira, cebola, alho, louro, azeite e/ou banha e coentros.

O rótulo de Especialidade Tradicional Garantida (ETG) salienta os aspetos mais ligados às tradições, à forma como o produto é fabricado ou à sua composição, sem estar ligado a uma área geográfica específica.

Um produto registado como ETG fica protegido pela UE contra a falsificação e uma utilização indevida.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…