Trabalhadores da Bonduelle reabilitam linha de água da Ribeira das Cabanas

A empresa Bonduelle participou no projecto Reabilitar Troço a Troço (RTT) da Câmara Municipal de Santarém. A empresa sediada em Santarém reabilitou, com a participação e envolvimento dos quadros da empresa, a linha de água da Ribeira das Cabanas, na localidade da Ribeira de Santarém.  

A Bonduelle foi a primeira empresa da região a participar no RTT e segundo António Manso, Administrador Delegado da Bonduelle, o ambiente é uma das preocupações da empresa. “Esta empresa tem como preocupação as causas sociais e ambientais do Concelho, e que são preocupações que acompanham a empresa ao longo destes trinta anos”, refere o administrador.

Nesta iniciativa foram limpos e conservados mais de 500 metros da Ribeira das Cabanas, com aplicação de técnicas de engenharia natural e com uma forte componente de participação pública, em que os atores locais criaram as sinergias necessárias à concretização desta obra designadamente, a União de Juntas de Freguesia da Cidade e o Clube de Canoagem Scalabitano.

Este é um projeto de aproximação dos cidadãos ao rio Tejo que alavancará uma abordagem inovadora, a qual recorre aos serviços prestados pelos ecossistemas, podendo criar valor social (desenvolvimento da população da Ribeira e espaço de bem-estar aos cidadãos que podem usufruir do rio Tejo e afluentes como a ribeira de Cabanas), ambiental (despoluição, aumento da biodiversidade e proteção do habitat da boga de lisboa) e económico (Turismo Natureza e particularmente o Desporto Náutico).

O município de Santarém através do cumprimento da Lei da Água desenhou uma trajetória para melhorar o estado dos seus rios e ribeiras, com o projeto Reabilitar Troço a Troço (RTT). Em 2016, a iniciativa foi reconhecida pela academia no prémio UM-Cidades da Universidade do Minho como o melhor projeto autárquico de sustentabilidade na Região Alentejo.

Em oito anos de desenvolvimento do RTT pela unidade orgânica de Ambiente e Sustentabilidade (EMAS) da autarquia de Santarém, os indicadores de desempenho do projeto, centram-se no aumento da cultura ambiental, na melhoria ecológica dos espaços fluviais intervencionados e na capacitação institucional criada, a qual permite, o saber fazer e fazer acontecer com a participação dos atores chave no modelo multinível de gestão da Água.

Os resultados alcançados são demonstrados na Rota de Reabilitação de Rios (RRR) de cariz ambiental que já apresenta dezanove troços de rios e ribeiras reabilitados, com mais de dois quilómetros e meio de linhas de água conservadas (2617 metros), em mais de metade dos territórios das freguesias do concelho, designadamente, Pernes, Vaqueiros, Vale de Santarém, Ribeira de Santarém, Alcanhões, Arneiro das Milhariças, Gançaria, Casével, Romeira, Amiais de Baixo, Várzea, Abrã.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS