Dois homens de 42 e 49 anos foram detidos pela GNR por tráfico de estupefacientes, nos dias 15 e 16 de Março, nos concelhos de Rio Maior e Caldas da Rainha.

Em comunicado, o Comando Territorial de Santarém refere que as detenções surgiram no “decorrer de uma investigação de tráfico de estupefacientes que decorria há cerca de três anos”, e acrescenta que os “suspeitos se dedicavam à aquisição de produto estupefaciente e posterior acondicionamento em doses individuais prontas para venda e distribuição aos consumidores, com especial incidência no concelho de Rio Maior”.

A GNR fez duas buscas domiciliárias, três buscas em veículos e um em anexo de habitação, que resultaram na apreensão de 652 doses de cocaína; 10 doses de haxixe; Cinco doses de liamba; Uma dose de MDMA; Quatro telemóveis; Três veículos automóveis; Três cartões SIM; Um computador portátil; Uma besta; Uma carabina de calibre .32; 20 munições de calibre .30; 1197 euros em numerário; Diverso material para construção de estufa para plantação de produto estupefaciente; E diverso material utilizado para corte e acondicionamento de estupefacientes.

Os dois suspeitos foram presentes ao Tribunal Judicial de Santarém, para aplicação das medidas de coação, sendo que um dos detidos ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva e o outro a apresentações quatro vezes por semana no posto policial da área de residência e proibição de contacto entre os intervenientes no processo.

A operação contou com o reforço da Secção de Informações e Investigação Criminal (SIIC) de Santarém e do Destacamento de Intervenção (DI) de Santarém.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.