A União Desportiva de Santarém Sad apurou-se esta tarde para a Liga 3 ao empatar sem golos em Alverca do Ribatejo. A igualdade nesta partida ditou os dois apurados da Série 6: Alverca, primeiro do grupo com 11 pontos e U. Santarém, no segundo posto, com oito.

Na outra partida desta série o Marinhense venceu em casa o Condeixa por 1-0, resultado ainda assim insuficiente para o objectivo da subida, face ao nulo de Alverca. Ambas as equipas seguem com quatro pontos no terceiro e quarto posto.

Em Alverca, o primeiro tempo ficou marcado por duas saídas forçadas por lesão, uma em cada equipa. Primeiro, logo aos 10 minutos, no Alverca, com Leo a ser rendido por Hugo Ventosa. Aos 32 minutos, foi a vez de André Tavares dar o lugar ao central Jair Rodrigues.

PUBLICIDADE

Com o empate a servir a ambos os conjuntos rumo ao apuramento para a Liga 3 na próxima temporada, ambas as equipas começaram a partida com muitos cuidados defensivos e a tentar ter bola, para assim controlarem o jogo.

A seguir a uma primeira meia hora sem lances de real perigo junto às duas balizas, com toda a defensiva unionista em bom plano, a chegar e a sobrar para as tímidas ofensivas do Alverca, normalmente a cargo de Jefferson e Angel Torres, os mais inconformados, os últimos minutos do primeiro tempo trouxeram algum ascendente da turma da casa, mas sem criar lances de real perigo junto à baliza de Nuno Hidalgo. Excepção feita á jogada que fechou o primeiro tempo (45’+3’), um lance de inspiração do colombiano Angel Torres que já no interior da área da U Santarém, evita três adversários e remata cruzado ao lado do poste direito da baliza de Hidalgo, naquele que foi o lance mais perigoso do primeiro tempo.

Na etapa complementar houve mais Alverca, sobretudo após a entrada de Felipe Ryan que aos 62’ rendeu Angel Torres. A partir daí o Alverca foi bem mais perigoso, obrigando a União a fechar-se mais no seu meio campo para assegurar o ponto que lhe daria o apuramento a uma jornada do fim.

Destaque para toda a defensiva unionista comandada de forma imperial pelo capitão Kiki Ballack que conseguiu manter invioladas as redes de Nuno Hidalgo sempre bem entre e a sair dos postes, no ‘chuveirinho’ final a que o Alverca obrigou a defensiva escalabitana.

Um empate a saber a vitória o que levou a União de Santarém a fazer a festa ainda no relvado do estádio do Alverca, depois de saber que o Marinhense tinha vencido o Condeixa.

A última ronda, juntará Alverca e Condeixa e o Marinhense visita Santarém para a consagração da turma de Acácio Santos como equipa da Liga 3 na próxima temporada. Pena que ainda sem público nas bancadas do ‘velhinho’ Chã das Padeiras.

PUBLICIDADE
Leia também...

Árbitro ribatejano apita jogo entre Estrela da Amadora e SL Benfica

João Bento, árbitro da Associação de Futebol de Santarém, vai apitar o…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…

A festa dos adeptos do Sporting em Almeirim (C/FOTOS)

O Sporting Clube de Portugal sagrou-se campeão nacional, na noite do passado…

Jogador do Alverca caiu inanimado no jogo contra o U. Almeirim

O jogador do Alverca Alex Apolinário caiu hoje inanimado durante o jogo…