A União Desportiva de Santarém Sad apurou-se esta tarde para a Liga 3 ao empatar sem golos em Alverca do Ribatejo. A igualdade nesta partida ditou os dois apurados da Série 6: Alverca, primeiro do grupo com 11 pontos e U. Santarém, no segundo posto, com oito.

Na outra partida desta série o Marinhense venceu em casa o Condeixa por 1-0, resultado ainda assim insuficiente para o objectivo da subida, face ao nulo de Alverca. Ambas as equipas seguem com quatro pontos no terceiro e quarto posto.

Em Alverca, o primeiro tempo ficou marcado por duas saídas forçadas por lesão, uma em cada equipa. Primeiro, logo aos 10 minutos, no Alverca, com Leo a ser rendido por Hugo Ventosa. Aos 32 minutos, foi a vez de André Tavares dar o lugar ao central Jair Rodrigues.

Com o empate a servir a ambos os conjuntos rumo ao apuramento para a Liga 3 na próxima temporada, ambas as equipas começaram a partida com muitos cuidados defensivos e a tentar ter bola, para assim controlarem o jogo.

PUBLICIDADE

A seguir a uma primeira meia hora sem lances de real perigo junto às duas balizas, com toda a defensiva unionista em bom plano, a chegar e a sobrar para as tímidas ofensivas do Alverca, normalmente a cargo de Jefferson e Angel Torres, os mais inconformados, os últimos minutos do primeiro tempo trouxeram algum ascendente da turma da casa, mas sem criar lances de real perigo junto à baliza de Nuno Hidalgo. Excepção feita á jogada que fechou o primeiro tempo (45’+3’), um lance de inspiração do colombiano Angel Torres que já no interior da área da U Santarém, evita três adversários e remata cruzado ao lado do poste direito da baliza de Hidalgo, naquele que foi o lance mais perigoso do primeiro tempo.

Na etapa complementar houve mais Alverca, sobretudo após a entrada de Felipe Ryan que aos 62’ rendeu Angel Torres. A partir daí o Alverca foi bem mais perigoso, obrigando a União a fechar-se mais no seu meio campo para assegurar o ponto que lhe daria o apuramento a uma jornada do fim.

Destaque para toda a defensiva unionista comandada de forma imperial pelo capitão Kiki Ballack que conseguiu manter invioladas as redes de Nuno Hidalgo sempre bem entre e a sair dos postes, no ‘chuveirinho’ final a que o Alverca obrigou a defensiva escalabitana.

Um empate a saber a vitória o que levou a União de Santarém a fazer a festa ainda no relvado do estádio do Alverca, depois de saber que o Marinhense tinha vencido o Condeixa.

A última ronda, juntará Alverca e Condeixa e o Marinhense visita Santarém para a consagração da turma de Acácio Santos como equipa da Liga 3 na próxima temporada. Pena que ainda sem público nas bancadas do ‘velhinho’ Chã das Padeiras.

PUBLICIDADE
Leia também...

Atleta do Santarém Basket Clube morre aos 13 anos de idade

Henrique Francisco, atleta do Santarém Basket Clube, faleceu no passado domingo, 11…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…

Árbitro ribatejano apita jogo entre Estrela da Amadora e SL Benfica

João Bento, árbitro da Associação de Futebol de Santarém, vai apitar o…

A festa dos adeptos do Sporting em Almeirim (C/FOTOS)

O Sporting Clube de Portugal sagrou-se campeão nacional, na noite do passado…